Michelle Bolsonaro diz durante culto em BH que Planalto já foi “consagrado a demônios” (vídeo)

“Por muito tempo aquele lugar foi um lugar consagrado a demônios e hoje consagrado ao senhor Jesus”, disse a primeira-dama na Igreja Batista Lagoinha, na capital mineira

www.brasil247.com - Michelle e Jair Bolsonaro durante culto evangélico em BH
Michelle e Jair Bolsonaro durante culto evangélico em BH (Foto: Reprodução / Portal Uai)


247 - A primeira-dama Michelle Bolsonaro afirmou durante um culto evangélico em Belo Horizonte, neste domingo (7), que o Planalto já foi "consagrado a demônios". 

"Podem me chamar de louca, podem me chamar de fanática, eu vou continuar louvando nosso Deus, vou continuar orando", disse ela, ao lado de Jair Bolsonaro (PL), na Igreja Batista Lagoinha, em uma cerimônia de comemoração de 50 anos do ministério do pastor Márcio Valadão.

"Vou continuar orando e intercedendo em todos os lugares, e sabe por que, irmãos? Porque por muitos anos, por muito tempo, aquele lugar foi um lugar consagrado a demônios. Cozinha consagrada a demônios, Planalto consagrado a demônios e hoje consagrado ao senhor Jesus. Ali, eu sempre falo e falo para ele [Bolsonaro], quando eu entro na sala dele e olho para ele: essa cadeira é do presidente maior, é do rei que governa essa nação", disse ela no culto.

Michelle também pediu orações pelo Brasil e voltou a falar em “guerra do bem contra o mal” nessas eleições. Já Bolsonaro afirmou que a função que ocupa “é uma missão de Deus”.

Segundo reportagem do jornal Estado de Minas, “desde cedo, seis quarteirões que levavam ao templo foram tomados por fiéis que levavam bíblias e também camisas da Seleção Brasileira de futebol que têm sido a marca dos apoiadores do presidente”. O culto estava marcado para 10h.

Também estava presente no culto o candidato a governador de Minas Gerais pelo PL, senador Carlos Viana, que também é evangélico.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email