Novo rolo de Cabral: os negócios de Adriana

Esposa do governador do Rio, Adriana Ancelmo, ganha R$ 184 mil/mês; seu escritório de advocacia, antes modesto, teve um salto espetacular, atendendo clientes que fazem negócios com o governo do Rio de Janeiro; depois das viagens de helicóptero do cachorro Juquinha e das babás de seus filhos, Cabral tem mais um abacaxi para descascar, no momento em que protestos diários pedem sua renúncia; dois anos atrás, quando vieram a público as farras da turma de Cabral em Paris, Adriana se divertia com amigas suas comprando sapatos de Christian Loboutin, do seriado Sex & the City

Esposa do governador do Rio, Adriana Ancelmo, ganha R$ 184 mil/mês; seu escritório de advocacia, antes modesto, teve um salto espetacular, atendendo clientes que fazem negócios com o governo do Rio de Janeiro; depois das viagens de helicóptero do cachorro Juquinha e das babás de seus filhos, Cabral tem mais um abacaxi para descascar, no momento em que protestos diários pedem sua renúncia; dois anos atrás, quando vieram a público as farras da turma de Cabral em Paris, Adriana se divertia com amigas suas comprando sapatos de Christian Loboutin, do seriado Sex & the City
Esposa do governador do Rio, Adriana Ancelmo, ganha R$ 184 mil/mês; seu escritório de advocacia, antes modesto, teve um salto espetacular, atendendo clientes que fazem negócios com o governo do Rio de Janeiro; depois das viagens de helicóptero do cachorro Juquinha e das babás de seus filhos, Cabral tem mais um abacaxi para descascar, no momento em que protestos diários pedem sua renúncia; dois anos atrás, quando vieram a público as farras da turma de Cabral em Paris, Adriana se divertia com amigas suas comprando sapatos de Christian Loboutin, do seriado Sex & the City (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Se a situação do governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, já era péssima desde que foram reveladas as viagens de helicóptero das babás dos seus filhos e de seu cachorro Juquinha, ela tende a piorar. Neste fim de semana, reportagem da revista Veja aponta os ganhos de Adriana Ancelmo, esposa de Cabral, com os negócios do seu escritório de advocacia, que atende diversos prestadores de serviço do governo do Rio de Janeiro. Antes modesto, o escritório cresceu vertiginosamente com Cabral no poder – o que dá a Adriana ganhos mensais de R$ 184 mil/mês.

Dois anos atrás, quando vieram a público as farras de Cabral e sua turma em Paris, denunciadas pelo ex-governador Anthony Garotinho, Adriana também foi flagrada em fotos com amigas exibindo seus sapatos Christian Loboutin, usados pelas personagens de Sex & the city. O consumo conspícuo de Cabral e Adriana cobrará um preço cada vez mais alto, agora que protestos diários pedem a renúncia do governador do Rio.

Abaixo, o relato do Jornal do Brasil sobre a nova denúncia contra o governador:

Jornal do Brasil - Reportagem da revista 'Veja' deste fim de semana revela que 60% do faturamento do escritório de advocacia da mulher do governador Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo, vêm de honorários recebidos por serviços prestados a empresas que, "direta ou indiretamente, dependem de dinheiro público", ou seja, do governo do Estado do Rio, como concessionárias e prestadoras de serviço.

De acordo com a reportagem, antes de Cabral tomar posse, o escritório Coelho & Ancelmo Advogados Associados tinha apenas 2% de seu faturamento vindo desta origem. A revista destaca ainda que o escritório teve um crescimento "espetacular" nos últimos seis anos, saltando de três profissionais e 500 processos em carteira para 20 advogados e cerca de 10 mil ações.

A receita do escritório, segundo a "Veja", também saltou de R$ 2,1 milhões em 2006 para R$ 9,5 milhões no ano passado, o que faz com que os rendimentos de Adriana Ancelmo cheguem a R$ 184 mil mensais.

A denúncia se junta a muitas outras envolvendo o governador e o mau uso do dinheiro público. Helicóptero oficial usado indiscriminadamente pela família de Cabral em viagens particulares e relações nebulosas com empreiteiras, como a Delta de Fernando Cavendish, também vieram à tona, causando indignação da sociedade. 

Os protestos que sacodem o Rio de Janeiro desde junho são uma consequência clara, direta e objetiva do mau exemplo que vem da maior autoridade do Estado.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email