“País precisa é de um choque de privatização”

Declaração é do presidente de Eduardo Gouvêa Vieira, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan); para ele, "o governo fez uma meia-sola de reforma fiscal, cobrando mais da sociedade em todos os sentidos"

Declaração é do presidente de Eduardo Gouvêa Vieira, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan); para ele, "o governo fez uma meia-sola de reforma fiscal, cobrando mais da sociedade em todos os sentidos"
Declaração é do presidente de Eduardo Gouvêa Vieira, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan); para ele, "o governo fez uma meia-sola de reforma fiscal, cobrando mais da sociedade em todos os sentidos" (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - "O governo fez uma meia-sola de reforma fiscal, cobrando mais da sociedade em todos os sentidos", afirmou nesta sexta-feira 16 o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Gouvêa Vieira.

Durante discurso no 16º Congresso Nacional da Indústria Gráfico, que se encerrou neste final de semana, no Rio de Janeiro, ele disse que "o que o País precisa é de um choque de privatização".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email