Pezão fecha 2º ciclo de quimioterapia com sucesso

O governador licenciado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, terminou o segundo ciclo de quimioterapia, em sua luta contra um câncer; segundo médicos da equipe do Centro de Tratamento Oncológico, do oncologista Daniel Tabak, o tratamento ocorreu "com sucesso, sem qualquer intercorrência significativa"; Pezão está em "bom estado geral" e foi verificada "ótima tolerância ao tratamento", segundo os médicos

O governador licenciado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, terminou o segundo ciclo de quimioterapia, em sua luta contra um câncer; segundo médicos da equipe do Centro de Tratamento Oncológico, do oncologista Daniel Tabak, o tratamento ocorreu "com sucesso, sem qualquer intercorrência significativa"; Pezão está em "bom estado geral" e foi verificada "ótima tolerância ao tratamento", segundo os médicos
O governador licenciado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, terminou o segundo ciclo de quimioterapia, em sua luta contra um câncer; segundo médicos da equipe do Centro de Tratamento Oncológico, do oncologista Daniel Tabak, o tratamento ocorreu "com sucesso, sem qualquer intercorrência significativa"; Pezão está em "bom estado geral" e foi verificada "ótima tolerância ao tratamento", segundo os médicos (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - O governador licenciado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, terminou nesta quarta-feira (20) o segundo ciclo de quimioterapia, em sua luta contra um câncer. Segundo médicos da equipe do Centro de Tratamento Oncológico, do oncologista Daniel Tabak, o tratamento ocorreu "com sucesso, sem qualquer intercorrência significativa".

Pezão está em "bom estado geral" e foi verificada "ótima tolerância ao tratamento", segundo os médicos. Um novo ciclo de quimioterapia está previso para ocorrer em aproximadamente três semanas.

O peemedebista foi diagnosticado com um linfoma não-Hodgkin, um tipo de câncer nas células de defesa do organismo. A patologia se manifestou em duas vértebras da coluna vertebral e foi descoberta em março.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247