Russomanno é condenado a pagar multa por posts contra Boulos

O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) condenou o candidato bolsonarista a prefeito Celso Russomanno (Republicanos) a pagar uma multa de R$ 5 mil por impulsionar publicações nas redes sociais contra Guilherme Boulos (PSOL)

Celso Russomano
Celso Russomano (Foto: (220) Bruno Zanardo / Fotoarena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O candidato bolsonarista a prefeito de São  Paulo, Celso Russomanno, violou a legislação eleitoral (Lei nº 9.504/97), por isso foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral. Russomano impulsionou postagens com caráter negativo contra Guilherme Boulos nas redes sociais.

Temendo ser superado pelo candidato do PSOL, em empate técnico com ele na disputa de quem vai ao segundo turno, Russomano postou mensagens tentando convencer o eleitorado a votar contra Boulos, o que é proibido pela lei eleitoral, informa o UOL.   

Na sentença, o juiz eleitoral Emílio Migliano Neto listou manchetes do conteúdo impulsionado pelo candidato do Republicanos. São elas:

"Quase seis anos depois de virar réu, Boulos é 'encontrado' pela Justiça";

"Campanha de Boulos infringiu Lei Eleitoral, define TRE-SP";

"MTST protesta em frente de condomínio no Morumbi";

"TRE-SP mantém decisão que considerou irregular propaganda de Boulos com Wagner Moura".

Para Migliano Neto, a veracidade — ou falta dela — das publicações é secundária neste processo, visto que seu papel é julgar se as postagens atendem ao que determina a lei eleitoral.

"Pela leitura das manchetes, percebe-se que a intenção é despersuadir o eleitor a votar no candidato Boulos, ante seu evidente conteúdo negativo. Em todas elas, Boulos é apresentado como alguém que é procurado pela Justiça ou que infringe a legislação. Veja-se que não se está perquirindo a veracidade das informações, mas apenas a adequação da publicidade nas redes sociais à legislação eleitoral", escreveu o juiz na sentença.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247