Russomanno insiste em resistência de pessoas em situação de rua ao coronavírus: "imunes”

Candidato do Republicanos à prefeitura de São Paulo tenta explicar frase polêmica e disse que a ciência deve explicar essa "resistência"

(Foto: Reprodução/Instagram)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Raphael Veleda, Metrópoles - São Paulo – Apesar de dizer que foi mal interpretado em frase que causou polêmica, o deputado federal Celso Russomanno (Republicanos) insistiu, nesta quarta-feira (14/10), na tese de que os moradores de rua têm uma resistência maior ao coronavírus.

“A ciência tem que explicar por que que eles são imunes”, disse o candidato ao ser abordado por jornalistas enquanto fazia campanha para a Prefeitura de São Paulo, no Brás, bairro paulistano famoso pelas lojas de roupas.

“Talvez porque tenham mais resistência, só por isso. Eles têm mais resistência do que a gente. Se alardeava que os moradores de rua e a Cracolândia (região paulistana onde se reúnem moradores de rua e usuários de drogas) seriam dizimados, seriam exterminados pela Covid-19. E não foi o que aconteceu. Então, a ciência tem que explicar muito para nós em relação à Covid-19. Era isso que eu estava falando”, explicou.

Leia mais no Metrópoles.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email