Será que Pezão vai à cerimônia de devolução do dinheiro roubado por Cabral?

A devolução aos cofres do Estado do Rio de Janeiro de R$ 270 milhões que a Justiça conseguiu bloquear e apreender em contas do ex-governador Sérgio Cabral será marcada por uma cerimônia comemorativa; o colunista Ancelmo Gois questiona: será que Luiz Fernando Pezão, atual governador e aliado de Cabral, irá comparecer?

Luiz Fernando Pezão e Sérgio Cabral
Luiz Fernando Pezão e Sérgio Cabral (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 -  Está sendo preparado um ato público para devolver ao Estado do Rio o dinheiro que a Justiça conseguiu bloquear e recuperar das contas de Sérgio Cabral, preso na operação Calicute, um desdobramento da Lava Jato, que apontou um milionário esquema de corrupção comandado por ele.

Em janeiro, o montante era de R$ 270 milhões.

"Será que Pezão vai comparecer para receber essa grana tão necessitada pelo Estado?", questiona o colunista Ancelmo Gois em O Globo.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247