Também preso, Garotinho dispara: a hora de Cabral chegou

Preso um dia antes do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), o rival e também ex-governador do Rio, Anthony Garotinho (PR), disse que as duas prisões têm motivos completamente diferentes; em texto em seu blog oficial publicado nesta quinta-feira, 17, Garotinho insinuou que "não foi coincidência" terem escolhido ontem para prender um e hoje para prender o outro. "É evidente que querem associar as duas prisões, confundir as pessoas para colocarem Garotinho e Cabral no mesmo bolo"

Preso um dia antes do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), o rival e também ex-governador do Rio, Anthony Garotinho (PR), disse que as duas prisões têm motivos completamente diferentes; em texto em seu blog oficial publicado nesta quinta-feira, 17, Garotinho insinuou que "não foi coincidência" terem escolhido ontem para prender um e hoje para prender o outro. "É evidente que querem associar as duas prisões, confundir as pessoas para colocarem Garotinho e Cabral no mesmo bolo"
Preso um dia antes do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), o rival e também ex-governador do Rio, Anthony Garotinho (PR), disse que as duas prisões têm motivos completamente diferentes; em texto em seu blog oficial publicado nesta quinta-feira, 17, Garotinho insinuou que "não foi coincidência" terem escolhido ontem para prender um e hoje para prender o outro. "É evidente que querem associar as duas prisões, confundir as pessoas para colocarem Garotinho e Cabral no mesmo bolo" (Foto: Aquiles Lins)

Rio 247 - O blog oficial do ex-governador do Rio Anthony Garotinho (PR), que foi preso nessa quarta-feira, 16, comemorou a prisão do também ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), nesta quinta-feira, 17. Ambos foram presos pela Polícia Federal. Garotinho por acusação de crime eleitoral, e Cabral é acusado de receber propina de empreiteiras com contratos no governo do Rio.

Em texto publico às 8h13 desta quinta-feira, o site de Garotinho ressaltou que a situação de Garotinho é "completamente diferente" da de Cabral e insinuou também que "não foi coincidência" terem escolhido ontem para prender um e hoje para prender o outro. "É evidente que querem associar as duas prisões, confundir as pessoas para colocarem Garotinho e Cabral no mesmo bolo", diz o texto.

Na versão do blog oficial do político do PR, as acusações contra ele são uma "retaliação pelas denúncias que afetam pessoas poderosas". "Cabral e seu grupo são acusados de receber R$ 224 milhões em propinas cobradas em grandes obras. Garotinho é acusado por dar o Cheque Cidadão às pessoas humildes de Campos. Garotinho não está sendo acusado de por desvio de dinheiro, nem por ato de improbidade. A prisão de Garotinho é uma retaliação pelas denúncias que afetam pessoas poderosas, é um jogo político-eleitoral, que já foi denunciado seguidas vezes aqui no blog, uma perseguição, uma covardia", segue o texto na página do político, que conclui afirmando que "não há contra Garotinho qualquer acusação de corrupção", diz o texto.

Abaixo, vídeo sobre a prisão de Cabral:

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247