Torcedores paulistanos lançam manifesto em favor de Boulos e Erundina

"Juntas e juntos na seleção da democracia, desejamos tabelar com Boulos e Erundina na construção de um modelo inclusivo para o esporte", diz um manifesto de torcedores paulistas que declararam apoio à chapa do candidato do PSOL e da sua vice Luiza Erundina na disputa pela Prefeitura de São Paulo

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Torcedores da cidade de São Paulo lançaram um manifesto em apoio ao candidato Guilherme Boulos (PSOL), que disputará o segundo turno da eleição na capital contra o prefeito Bruno Covas (PSDB).

"Os princípios de Justiça, Igualdade, Isonomia, Solidariedade e Respeito, presentes no DNA ancestral do esporte, foram sempre uma inspiração para o exercício da democracia", diz trecho do manifesto.

"Juntas e juntos na seleção da democracia, desejamos tabelar com Boulos e Erundina na construção de um modelo inclusivo para o esporte, que agregue todas as gentes da nossa São Paulo, independentemente de gênero, etnia, orientação sexual, credo religioso ou condição sócio-econômica", continua.

Leia a íntegra do manifesto:

Os princípios de Justiça, Igualdade, Isonomia, Solidariedade e Respeito, presentes no DNA ancestral do esporte, foram sempre uma inspiração para o exercício da democracia.

Inspiradas e inspirados por essa tradição compartilhada, nós, torcedoras e torcedores residentes em São Paulo, enxergamos na candidatura de Guilherme Boulos a melhor expressão dessa combinação construtora da civilidade.

Compomos uma frente plural, atrevidamente “ecumênica”, que reúne todas as bandeiras e todas as vozes dos estádios. Somos militantes ou simpatizantes de diferentes partidos políticos. Ou de nenhum!

Desta vez, estamos irmanadas e irmanados contra a ausência de fair-play na política, contra as arbitragens arranjadas e contra os campeonatos decididos no tapetão.

Juntas e juntos na seleção da democracia, desejamos tabelar com Boulos e Erundina na construção de um modelo inclusivo para o esporte, que agregue todas as gentes da nossa São Paulo, independentemente de gênero, etnia, orientação sexual, credo religioso ou condição sócio-econômica.

Como Guilherme Boulos, acreditamos que o esporte existe para criar consciência cidadã, saúde e felicidade. Nossa cidade tem condições de constituir um modelo popular de práticas físicas que combinem lazer, condicionamento e atividades competitivas.

Nessa estratégia do bom jogo, pleiteamos a revalorização do futebol de várzea, o apoio ao futebol feminino, a recuperação dos centros esportivos municipais e a criação de programas gratuitos que alcancem toda a população.

Como o esporte é uma referência na difusão de hábitos e costumes, todas as intervenções da Prefeitura devem se pautar pelo combate ao racismo, ao machismo e à homofobia, bem como pela atenção especial aos jovens das periferias.

Por fim, é lógico que pretendemos revogar a criminosa privatização do Pacaembu, construído pelos cidadãos-contribuintes e entregue a preço de banana aos tubarões do mercado. O estádio da municipalidade é, sim, autossustentável.

Se você corre, caminha, salta, mira, nada, pedala, malha, saca, arremessa, chuta, dribla e respira, tem vaga garantida no nosso time. Se você ainda não faz nada disso, tem também!

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247