TSE marca para sexta julgamento de inelegibilidade de Crivella

Em setembro, o TRE-RJ condenou Marcelo Crivella por abuso de poder político, tornando-o inelegível por oito anos. O TSE, porém, suspendeu temporariamente a decisão e julgará na sexta, 13, recurso do MPE

Jair Bolsonaro e o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella
Jair Bolsonaro e o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) marcou para a próxima sexta-feira, 13, o julgamento do recurso apresentado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) pedindo para que o atual prefeito do Rio de Janeiro e candidato à reeleição, Marcelo Crivella (Republicanos), volte a ficar inelegível.

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) entendeu, em setembro, que em 2018 Crivella usou veículos e funcionários da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) para promover politicamente Marcelo Hodge Crivella, seu filho, que tentava se eleger deputado federal, e seu aliado Alessandro Costa, que concorreu a deputado estadual.

O prefeito do Rio foi condenado por abuso de poder político, tornando-se inelegível por oito anos, até 2026. O TSE, porém, suspendeu temporariamente a decisão.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247