Uerj remarca início das aulas para 13 de fevereiro

A Reitoria da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) decidiu mais uma vez adiar o início das aulas referentes ao segundo semestre de 2016; agora, a nova data é 13 de fevereiro/ a decisão foi tomada, em reunião entre integrantes do Fórum de Diretores das unidades acadêmicas, sub-reitores, e os diretores dos centros setoriais; em nota, o fórum e a reitoria informam que a decisão é resultado "do agravamento do estado crítico no qual se encontra a Uerj"

Rio de Janeiro - Alunos da Uerj ocupam o campus da universidade no Maracanã, em protesto pelo não pagamento das bolsas dos estudantes e dos salários de servidores terceirizados (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Rio de Janeiro - Alunos da Uerj ocupam o campus da universidade no Maracanã, em protesto pelo não pagamento das bolsas dos estudantes e dos salários de servidores terceirizados (Tânia Rêgo/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil

A Reitoria da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) decidiu mais uma vez adiar o início das aulas referentes ao segundo semestre de 2016. Agora, a nova data é 13 de fevereiro. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (2), em reunião entre integrantes do Fórum de Diretores das unidades acadêmicas, sub-reitores, e os diretores dos centros setoriais.

Por meio de nota, o fórum e a reitoria informam que a decisão é resultado "do agravamento do estado crítico no qual se encontra a Uerj". 

De acordo com o comunicado, a transferência do início das aulas não representará prejuízo das demais atividades acadêmico administrativas previstas no calendário. Foi marcada para sexta-feira (10) uma nova reunião com o Fórum de Diretores para reavaliação.

A reitoria e o fórum afirmaram que, embora a comunidade acadêmica tenha expressado “com vigor o desejo de retorno às aulas”, o "senso de responsabilidade" é o fator que impede, atualmente, a retomada das aulas, diante do compromisso do cumprimento integral da missão da universidade com a comunidade universitária e a população do estado do Rio de Janeiro.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email