Vacina do Instituto Butatan, em parceria com chineses, estará disponível em janeiro, diz Doria

“A quantidade necessária para iniciar a imunização da população brasileira, pode ser aplicada já no início de janeiro com o SUS, com aplicação gratuita”, revelou o governador de São Paulo, João Doria

Governador do Estado de São Paulo, João Doria, acompanha aplicação da primeira dose da vacina Coronovac no Hospital das Clínicas de São Paulo.
Governador do Estado de São Paulo, João Doria, acompanha aplicação da primeira dose da vacina Coronovac no Hospital das Clínicas de São Paulo. (Foto: Governo do Estado de São Paulo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A vacina contra a Covid-19, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac, deve ser distribuída em massa em janeiro de 2021 gratuitamente pelo SUS, segundo o governador de São Paulo, João Doria. 

"A quantidade necessária para iniciar a imunização da população brasileira, pode ser aplicada já no início de janeiro com o SUS, com aplicação gratuita em toda população. A melhor notícia que poderíamos ter é a vacina", declarou nesya segunda-feira (27) o governador João Doria, segundo informações do portal UOL. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247