Valente: Bolsonaro é pusilânime e covarde

"A exoneração do cientista Ricardo Galvão, presidente do INPE, é mais uma aberração de Bolsonaro. Ele e Salles culpam o termômetro pela febre. Ou seja,a culpa pelo brutal desmatamento da Amazônia é das fotos fornecidas pelos satélites. Galvão tem razão, Bolsonaro é pusilânime e covarde", afirmou o deputado Ivan Valente (PSOL-SP)

(Foto: Agência Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) bateu pesado no presidente Jair Bolsonaro, que demitiu o cientista Ricardo Galvão, presidente do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), após o ex-dirigente alertar para o aumento do desmatamento no Brasil.

"A exoneração do cientista Ricardo Galvão, presidente do INPE, é mais uma aberração de Bolsonaro. Ele e Salles culpam o termômetro pela febre. Ou seja,a culpa pelo brutal desmatamento da Amazônia é das fotos fornecidas pelos satélites. Galvão tem razão,Bolsonaro é pusilânime e covarde", escreveu o parlamentar no Twiiter.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247