Zambelli confessa que cobrava de Moro informações sobre investigações a respeito de Maia

Em entrevista à CNN, a deputada revelou novas mensagens trocadas com Sergio Moro e confessou que cobrava do ex-ministro da Justiça informações sobre investigações contra outras autoridades, como o presidente da Câmara

(Foto: Pablo Valadares - Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) concedeu entrevista à CNN neste sábado (25), na qual revelou novas mensagens que trocou com o ex-ministro e ex-juiz Sergio Moro, não apresentadas na edição de sexta-feira (24) do Jornal Nacional, da Globo.

Na entrevista, Zambelli confessou já ter cobrado de Sergio Moro, enquanto ministro da Justiça, informações sobre investigações contra autoridades, a exemplo do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), atual adversário dos bolsonaristas.

A deputada relatou também já ter tentado marcar um jantar entre Bolsonaro e Moro, junto com as esposas, para tentar aproximá-los. “Minha conversa era mais íntima porque achava que estava conversando com um amigo”, disse, lembrando que Moro foi seu padrinho de casamento. “Olha o tamanho da traição”.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247