64% são contra a PEC dos Gastos e 51% reprovam Reforma do Ensino Médio

Pesquisa do Instituto Paraná mostra que a maioria da população do Estado do Paraná considera justas as reivindicações dos estudantes que estão ocupando as escolas estaduais; 62,2% avaliam como "válidas" as reivindicações; 51,2% condenam a reforma do Ensino Médio proposta pelo governo de Michel Temer e 64,7% são contrários à PEC dos Gastos Públicos, que são o alvo principal das manifestações; no entanto, 69% dos paraenses discordam da ocupação das escolas; 84,2% defendem que os estudantes desocupem as escolas e adotem outras formas de manifestação; segundo os alunos, o número de escolas ocupadas no Estado chegou a 850; por causa disso, mais de 43 mil estudantes não farão o Enem neste final de semana no Paraná; em todo o país, serão mais de 240 mil alunos afetados

Pesquisa do Instituto Paraná mostra que a maioria da população do Estado do Paraná considera justas as reivindicações dos estudantes que estão ocupando as escolas estaduais; 62,2% avaliam como "válidas" as reivindicações; 51,2% condenam a reforma do Ensino Médio proposta pelo governo de Michel Temer e 64,7% são contrários à PEC dos Gastos Públicos, que são o alvo principal das manifestações; no entanto, 69% dos paraenses discordam da ocupação das escolas; 84,2% defendem que os estudantes desocupem as escolas e adotem outras formas de manifestação; segundo os alunos, o número de escolas ocupadas no Estado chegou a 850; por causa disso, mais de 43 mil estudantes não farão o Enem neste final de semana no Paraná; em todo o país, serão mais de 240 mil alunos afetados
Pesquisa do Instituto Paraná mostra que a maioria da população do Estado do Paraná considera justas as reivindicações dos estudantes que estão ocupando as escolas estaduais; 62,2% avaliam como "válidas" as reivindicações; 51,2% condenam a reforma do Ensino Médio proposta pelo governo de Michel Temer e 64,7% são contrários à PEC dos Gastos Públicos, que são o alvo principal das manifestações; no entanto, 69% dos paraenses discordam da ocupação das escolas; 84,2% defendem que os estudantes desocupem as escolas e adotem outras formas de manifestação; segundo os alunos, o número de escolas ocupadas no Estado chegou a 850; por causa disso, mais de 43 mil estudantes não farão o Enem neste final de semana no Paraná; em todo o país, serão mais de 240 mil alunos afetados (Foto: Valter Lima)

247 - Pesquisa do Instituto Paraná mostra que a maioria da população do Estado do Paraná considera justas as reivindicações dos estudantes que estão ocupando as escolas estaduais. 62,2% avaliam como "válidas" as reivindicações. 51,2% condenam a reforma do Ensino Médio proposta pelo governo de Michel Temer e 64,7% são contrários à PEC dos Gastos Públicos. No entanto, 69% dos paraenses discordam da ocupação das escolas. 

Os números:

69% dos paranaenses desaprovam a ocupação das escolas;

58,9% conhecem ou ouviram falar dos motivos das ocupações;

62,2% consideram válidas as reivindicações dos alunos;

84,2% defendem que os estudantes desocupem as escolas e adotem outras formas de manifestação;

51,2% são contra a reforma do Ensino Médio proposta pelo Governo Temer;

64,7% são contra a PEC 241 (que limita os gastos públicos com Saúde e Educação).


O universo da pesquisa abrange os habitantes do Estado do Paraná. Para a realização desta sondagem foi utilizada uma amostra de 1.418 habitantes. O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas com habitantes maiores de 16 anos em 68 municípios do Estado do Paraná entre os dias 1º a 3 de novembro de 2016. O grau de confiança é de 95,5% para uma margem estimada de erro de 2,5% para os resultados gerais.

Enem

43.618 estudantes do Paraná não poderão realizar o Exame Nacional do Ensino Médio neste final de semana em decorrência da ocupação das escolas. O número corresponde a 10,4% do total de inscritos no estado.

O movimento de Ocupa Paraná começou em 3 de outubro no Estado. O número de escolas ocupadas chegou a 850, de acordo com os alunos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247