Boulos: “indignação está se transformando em mobilização”

O líder do MTST e presidenciável do PSOL, Guilherme Boulos, participou na manhã desta quarta-feira, 11, de manifestação no acampamento em defesa do ex-presidente Lula, próximo à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba; Boulo, que viaja hoje para Portugal, defendeu que os veículos de mídia independente e a militância repercutam internacionalmente a prisão política de Lula; “As mobilizações vão crescer porque a ficha das pessoas está caindo. A indignação está se transformando em mobilização”, disse

O líder do MTST e presidenciável do PSOL, Guilherme Boulos, participou na manhã desta quarta-feira, 11, de manifestação no acampamento em defesa do ex-presidente Lula, próximo à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba; Boulo, que viaja hoje para Portugal, defendeu que os veículos de mídia independente e a militância repercutam internacionalmente a prisão política de Lula; “As mobilizações vão crescer porque a ficha das pessoas está caindo. A indignação está se transformando em mobilização”, disse
O líder do MTST e presidenciável do PSOL, Guilherme Boulos, participou na manhã desta quarta-feira, 11, de manifestação no acampamento em defesa do ex-presidente Lula, próximo à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba; Boulo, que viaja hoje para Portugal, defendeu que os veículos de mídia independente e a militância repercutam internacionalmente a prisão política de Lula; “As mobilizações vão crescer porque a ficha das pessoas está caindo. A indignação está se transformando em mobilização”, disse (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 - O líder do MTST e presidenciável do PSOL, Guilherme Boulos, participou na manhã desta quarta-feira, 11, de manifestação no acampamento em defesa do ex-presidente Lula, próximo à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. 

Em discurso, Boulos defendeu o aumento da mobilização pela liberdade de Lula. O pré-candidato do PSOL, que viaja hoje para Portugal, defendeu que os veículos de mídia independente e a militância repercutam internacionalmente a prisão política de Lula.

Boulos afirmou que nos próximos dias haverá uma escalada de mobilização até que Lula seja solto. “As mobilizações vão crescer porque a ficha das pessoas está caindo. A indignação está se transformando em mobilização”, disse.

Assista a vídeo do discurso de Boulos: 

 

Leia abaixo mais informações sobre o assunto:

Boletim 12 – Comitê Popular em defesa de Lula e da democracia
Direto de Curitiba – 11/04/2018 – 10h

1. O já tradicional bom dia ao presidente Lula nesta quarta-feira contou com a presença de Guilherme Boulos, que chegou ao acampamento às 9h e participou da assembleia matinal da Vigília Democrática #LulaLivre em Curitiba.

2. O dia começou com uma animada batucada e a participação de Guilherme Boulos. O pré-candidato do PSOL, que viaja hoje para Portugal, defendeu que os veículos de mídia independente e a militância repercutam internacionalmente a prisão política de Lula. Boulos afirmou que nos próximos dias haverá uma escalada de mobilização até que Lula seja solto. “As mobilizações vão crescer porque a ficha das pessoas está caindo. A indignação está se transformando em mobilização”, disse.

3. Ao longo do dia hoje estão previstas atividades para acolher o público que está chegando e o que já está há dias na vigília. Após a assembleia, uma instrutora de yoga realizará uma prática mística para cuidar das pernas e braços que agora andam e lutam em nome de Lula. Às 10h30, um grupo de teatro Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) vai encenar uma peça para denunciar o desmonte do Judiciário brasileiro. Blocos de Carnaval de Curitiba tomarão as ruas do acampamento a partir das 16h. Às 17h ocorrerá um novo encontro do movimento negro, que será seguido por um ato inter-religioso, às 18h. Ao final do dia, mais um ato político com lideranças políticas, parlamentares e dirigentes partidários e de movimentos sociais.

4. Na noite de terça-feira a apresentadora Bela Gil – filha do cantor e ex-ministro da Cultura de Lula, Gilberto Gil – visitou a vigília e levou uma cesta de alimentos agroecológicos, produzidos em assentamentos do MST, para uma moradora que acolheu os militantes que defendem o ex-presidente Lula no acampamento em Curitiba.

5. Policiais militares têm esperado o encerramento do dia no acampamento para transitar entre o povo. Todas as noites, viaturas e motos entram no acampamento quando as luzes já estão desligadas e os militantes indo dormir para fazer imagens com postura intimidatória. Ontem, policiais fotografaram e filmaram ostensivamente as pessoas que estavam no local, inclusive jornalistas que aqui trabalhavam.

6. Ontem o Congresso Nacional realizou as primeiras sessões após a conversão de Lula no primeiro preso político do Brasil após a Constituição de 1988. Na Câmara os deputados e deputadas petistas e da esquerda em geral realizaram um grande ato de protesto dentro do plenário. E no Senado a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, presidida pelo senador Paulo Paim (PT-RS), realizou uma audiência pública, seguida de vigília, sobre o tema Democracia e Direitos Humanos e em homenagem a Lula.

*Visita de Bela Gil: https://www.facebook.com/pt.brasil/videos/1709645429121825/
**Vídeo do ato: https://www.facebook.com/ptnacamara/videos/1404123996354866/
***Fotos da audiência pública: https://www.facebook.com/PTnoSenado/posts/1650376421707187

Comitê Popular em defesa de Lula e da Democracia
#Boletim 12 – 11/04/2018 – 10h

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247