Cunha pede transferência para prisão do DF

Ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pediu transferência do Complexo Médico de Pinhais, em Curitiba, para onde está preso, para uma unidade prisional do Distrito Federal; segundo a defesa, o processo pelo qual o peemedebista respondia em Curitiba terminou quando ele foi condenado a cumprir uma pena de 15,4 anos de reclusão; pedido foi feito ao juiz da 10ª Vara Federal do DF, Vallisney de Souza Oliveira, que remeteu o material para que o juiz federal da 13ª Vara Federal de Curitiba, Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na 1ª instância, decida sobre a transferência

Ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha é escoltado por policiais federais em Curitiba 20/10/2016 REUTERS/Rodolfo Buhrer
Ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha é escoltado por policiais federais em Curitiba 20/10/2016 REUTERS/Rodolfo Buhrer (Foto: Paulo Emílio)

247 - O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pediu transferência do Complexo Médico de Pinhais, em Curitiba, para onde está preso, para uma unidade prisional do Distrito Federal. Segundo a defesa, o processo pelo qual o peemedebista respondia em Curitiba terminou quando ele foi condenado a cumprir uma pena de 15,4anos de reclusão.

Cunha, porém é réu em uma outra ação penal no Distrito Federal, que apura irregularidades no FI-FGTS, no mesmo processo onde o doleiro Lucio Funaro, apontado como operador de propinas do PMDB, firmou um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF).

O pedido de transferência da defesa foi feito ao juiz da 10ª Vara Federal do DF, Vallisney de Souza Oliveira, que remeteu o material para que o juiz federal da 13ª Vara Federal de Curitiba, Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na 1ª instância, decida sobre a transferência.

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247