Dallagnol também diz que Temer transfere custo da compra de deputados ao contribuinte

"Desviam 200 bilhões por ano praticando corrupção; deixam de aprovar no Congresso medidas anticorrupção; gastam mais do que devem inclusive via emendas milionárias para parlamentares a fim de comprar o apoio parlamentar para livrar Temer da acusação legítima por corrupção; e agora querem colocar a conta disso tudo no nosso bolso, aumentando impostos", publicou nas redes sociais o procurador da República, coordenador da força-tarefa da Lava Jato

Deltan Dallagnol
Deltan Dallagnol (Foto: Gisele Federicce)

Paraná 247 - O procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, rebateu em uma postagem em seu Facebook a declaração de Michel Temer, na noite desta quinta-feira 20, em viagem à Argentina, de que "a população vai entender o aumento de impostos".

"Desviam 200 bilhões por ano praticando corrupção; deixam de aprovar no Congresso medidas anticorrupção; gastam mais do que devem inclusive via emendas milionárias para parlamentares a fim de comprar o apoio parlamentar para livrar Temer da acusação legítima por corrupção; e agora querem colocar a conta disso tudo no nosso bolso, aumentando impostos", postou Dallagnol.

"Toda vez que eu for abastecer o carro, que eu pensar na saúde e educação pobres, que eu topar com buracos em estradas e infraestrutura precária que prejudica investimentos, vou lembrar disso tudo. E em 2018 vou mostrar toda a minha compreensão do que está acontecendo e dar minha resposta contra os corruptos, como cidadão, nas urnas", completou o procurador.

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247