Defesa de Lula não cogita, por ora, pedir transferência da PF

Embora tenha cogitado pedir a transferência do ex-presidente Lula da carceragem da Polícia Federal em Curitiba para um quartel do Exército, a defesa considera agora deixar a situação como está, ao menos por ora; Lula não tem reclamado da comida nem do tratamento dos agentes da PF

Curitiba - O ex-presidente Lula chega à sede da Superintendência da Polícia Federal onde vai cumprir pena (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Curitiba - O ex-presidente Lula chega à sede da Superintendência da Polícia Federal onde vai cumprir pena (Marcello Casal Jr/Agência Brasil) (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 - Embora tenha cogitado pedir a transferência do ex-presidente Lula da carceragem da Polícia Federal em Curitiba para um quartel do Exército, em nome de sua segurança, a defesa considera agora deixar a situação como está, ao menos por ora.

Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S.Paulo, neste domingo 15, Lula não tem reclamado da comida do local nem do tratamento dos agentes da PF.

Pedido de transferência do ex-presidente já foram feitos pela Associação de Delegados do Paraná e pelo prefeito de Curitiba, Rafael Grecca, em nome, segundo eles, da segurança da população que mora no local.

Há uma semana, militantes resistem com um acampamento em frente ao prédio da PF onde Lula está preso. Caravanas têm chegado de diversas regiões do país e tem recebido a visita de várias lideranças políticas e artistas.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247