Funcionários da Funpar encerram paralisação no HC

Em greve desde o dia 6 de junho, os funcionários do Hospital de Clínicas (HC) contratados pela Fundação da Universidade Federal do Paraná (Funpar) aceitaram o aumento salarial de 9,83% para os funcionários que ganham até R$ 2,5 mil, que representam 75,18% da categoria, e de 6% para os que recebem acima desse valor

Em greve desde o dia 6 de junho, os funcionários do Hospital de Clínicas (HC) contratados pela Fundação da Universidade Federal do Paraná (Funpar) aceitaram o aumento salarial de 9,83% para os funcionários que ganham até R$ 2,5 mil, que representam 75,18% da categoria, e de 6% para os que recebem acima desse valor
Em greve desde o dia 6 de junho, os funcionários do Hospital de Clínicas (HC) contratados pela Fundação da Universidade Federal do Paraná (Funpar) aceitaram o aumento salarial de 9,83% para os funcionários que ganham até R$ 2,5 mil, que representam 75,18% da categoria, e de 6% para os que recebem acima desse valor (Foto: Leonardo Lucena)

Paraná 247 - Em greve desde o dia 6 de junho, os funcionários do Hospital de Clínicas (HC) contratados pela Fundação da Universidade Federal do Paraná (Funpar) decidiram, nesta terça-feira (21), encerrar a paralisação por volta das 12h desta terça-feira (21), em Curitiba. Os trabalhadores aceitaram o aumento salarial de 9,83% para os funcionários que ganham até R$ 2,5 mil, que representam 75,18% da categoria, e de 6% para os que recebem acima desse valor.

Os servidores só irão retomar as atividades no HC na manhã de quarta-feira (22), de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau Público do Paraná (Sinditest-PR).

O HC é o maior hospital público do Paraná e atende mais de 1 milhão de pessoas por ano. A greve não afetou os serviços de urgência e emergência, mas quem tinha consulta agendada, teve que esperar um pouco mais.

 

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247