Gleisi: “a Justiça não é igual para todos no Brasil”

Em inserção, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), denuncia como são tratados de forma diferente o filho de uma desembargadora e Rafael Braga, que é negro e pobre; assim como Aécio Neves, flagrado em áudio comprometedor, e Michel Temer, cujo assessor foi visto carregando uma mala de dinheiro, saíram ilesos; por outro lado, o ex-presidente Lula, que defende os pobres, é perseguido, diz ela; assista

Em inserção, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), denuncia como são tratados de forma diferente o filho de uma desembargadora e Rafael Braga, que é negro e pobre; assim como Aécio Neves, flagrado em áudio comprometedor, e Michel Temer, cujo assessor foi visto carregando uma mala de dinheiro, saíram ilesos; por outro lado, o ex-presidente Lula, que defende os pobres, é perseguido, diz ela; assista
Em inserção, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), denuncia como são tratados de forma diferente o filho de uma desembargadora e Rafael Braga, que é negro e pobre; assim como Aécio Neves, flagrado em áudio comprometedor, e Michel Temer, cujo assessor foi visto carregando uma mala de dinheiro, saíram ilesos; por outro lado, o ex-presidente Lula, que defende os pobres, é perseguido, diz ela; assista (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em nova inserção do Partido dos Trabalhadores, a presidente nacional da legenda, senadora Gleisi Hoffmann (PR), denuncia que "a Justiça não é igual para todos no Brasil".

Ela compara como são tratados os pobres e os ricos pela justiça brasileira, lembrando que o filho de uma desembargadora foi solto, enquanto Rafael Braga, que é negro e pobre, continua preso por ter levado na mochila um desinfetante.

Na política, da mesma forma, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), flagrado em áudio comprometedor, e Michel Temer, cujo assessor foi visto carregando uma mala com R$ 500 mil, saíram ilesos.

"Eles defendem os ricos. Já Lula, que defende os pobres, é perseguido e condenado sem provas", destaca Gleisi. Assista acima.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email