Imagens revelam que Beto Freitas foi asfixiado por 4 minutos diante de 15 testemunhas em Carrefour do RS

O homem negro João Alberto Freitas, de 40 anos, foi asfixiado por quase quatro minutos, diante de 15 testemunhas numa unidade do Carrefour, revelam novas imagens. Também é possível ver uma fiscal do estabelecimento filmando e observando o espancamento sem interferir na agressão

João Alberto Silveira Freitas é assassinado por policiais. Caso gera revolta e comoção no País
João Alberto Silveira Freitas é assassinado por policiais. Caso gera revolta e comoção no País (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O homem negro João Alberto Freitas, de 40 anos, foi asfixiado por quase quatro minutos, diante de 15 testemunhas, após ser espancado por seguranças do Carrefour em Porto Alegre na última quinta-feira (19), revelam novas imagens obtidas pelo jornal Folha de S. Paulo. 

Também é possível ver uma fiscal do estabelecimento filmando e observando o espancamento sem interferir na agressão, acrescenta a reportagem. 

Enquanto Beto Freitas estava sendo espancado e asfixiado, diversas pessoas passaram pelo local e não intervieram. Quando a vítima se mexe pela última vez, há pelo menos 17 pessoas no local, sendo 15 testemunhas e os dois seguranças. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247