Movimentos sociais já preparam marcha a Curitiba contra prisão de Lula

Movimentos sociais já estão se preparando para protestos e manifestações no caso de uma eventual prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) está em alerta para deflagrar protestos na região sul do País, caso o juiz federal Sérgio Moro decrete a prisão de Lula;  "Em caso de prisão, deflagraremos uma marcha até Curitiba. Não vamos permitir esse clima de fato consumado", disse o segundo o coordenador nacional do MST, João Paulo Rodrigues; Central Única dos Trabalhadores (CUT) também planeja atos em defesa de Lula

Movimentos sociais já estão se preparando para protestos e manifestações no caso de uma eventual prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) está em alerta para deflagrar protestos na região sul do País, caso o juiz federal Sérgio Moro decrete a prisão de Lula;  "Em caso de prisão, deflagraremos uma marcha até Curitiba. Não vamos permitir esse clima de fato consumado", disse o segundo o coordenador nacional do MST, João Paulo Rodrigues; Central Única dos Trabalhadores (CUT) também planeja atos em defesa de Lula
Movimentos sociais já estão se preparando para protestos e manifestações no caso de uma eventual prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) está em alerta para deflagrar protestos na região sul do País, caso o juiz federal Sérgio Moro decrete a prisão de Lula;  "Em caso de prisão, deflagraremos uma marcha até Curitiba. Não vamos permitir esse clima de fato consumado", disse o segundo o coordenador nacional do MST, João Paulo Rodrigues; Central Única dos Trabalhadores (CUT) também planeja atos em defesa de Lula (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 - Os movimentos sociais já estão se preparando para protestos e manifestações no caso de uma eventual prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) está em alerta para deflagrar protestos na região sul do País, caso o juiz federal Sérgio Moro decrete a prisão de Lula. Os integrantes do movimento farão uma marcha rumo a Curitiba em caso de detenção de Lula.

Segundo o coordenador nacional do MST, João Paulo Rodrigues, os movimentos planejam uma "resistência" à eventual prisão do ex-presidente. "Em caso de prisão, deflagraremos uma marcha até Curitiba. Não vamos permitir esse clima de fato consumado".

Além do MST, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) também planeja atos em defesa de Lula. 

O "cerco" perpetrado pelas autoridades contra o presidente aumentou nessa quinta-feira, 13. O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, recebeu denúncia do Ministério Público Federal e abriu ação penal contra Lula, acusando-o de favorecimento à construtora Odebrecht em contratos da empresa em Angola, que envolvem uma empresa de Taiguara Rodrigues, filho da primeira esposa de Lula. É a terceira vez que Lula se torna réu desde o início da Operação Lava Jato, em março de 2014. 

Prisão de Lula, entretanto, pode deflagrar de vez uma divisão política no país. 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247