MP sugere afastamento do prefeito de Campo Largo

O prefeito de Campo Largo, Affonso Guimarães (PSD), conhecido como Beco, poderá ser afastado do cargo se a Câmara Municipal acatar sugestão do Ministério Público do Paraná; o MP também pede o bloqueio de parte dos bens do prefeito e empresa GlobalMed, que prestou serviço de plantão médico com dispensa de licitação

O prefeito de Campo Largo, Affonso Guimarães (PSD), conhecido como Beco, poderá ser afastado do cargo se a Câmara Municipal acatar sugestão do Ministério Público do Paraná; o MP também pede o bloqueio de parte dos bens do prefeito e empresa GlobalMed, que prestou serviço de plantão médico com dispensa de licitação
O prefeito de Campo Largo, Affonso Guimarães (PSD), conhecido como Beco, poderá ser afastado do cargo se a Câmara Municipal acatar sugestão do Ministério Público do Paraná; o MP também pede o bloqueio de parte dos bens do prefeito e empresa GlobalMed, que prestou serviço de plantão médico com dispensa de licitação (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Blog do Esmael - O prefeito de Campo Largo, Affonso Guimarães (PSD), conhecido como Beco, poderá ser afastado do cargo se a Câmara Municipal acatar sugestão do Ministério Público do Paraná.

O vereador João Marcos Cuba (PR) informou que ingressará nesta quarta (20) com o pedido de afastamento de Beco por “improbidade administrativa”.

O MP também pede o bloqueio de parte dos bens do prefeito e empresa GlobalMed, que prestou serviço de plantão médico com dispensa de licitação.

O presidente da Câmara campo-larguense é o vereador Márcio Beraldo (PP).

Campo Largo fica na região metropolitana a 30 km de Curitiba. É o 14º município mais rico e o 15º mais populoso do Paraná.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247