Nenhum procurador da Lava Jato entregou celulares para perícia, diz Lauro Jardim

"Entre os procuradores, Deltan Dallagnol à frente, nenhum enviou seu celular para pericias policiais", aponta o colunista do jornal O Globo

Deltan Dallagnol
Deltan Dallagnol (Foto: Pedro de Oliveira/ ALEP)

247 – "Passadas três semanas desde que a PF começou a investigar como foram interceptadas as mensagens obtidas pelo "The Intercept", a reação dos donos dos celulares é diversa", aponta o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna. "Entre os procuradores, Deltan Dallagnol à frente, nenhum enviou seu celular para pericias policiais", diz ele, que afirma que os juízes foram mais colaborativos.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247