Palocci passará a cumprir pena em regime aberto e manterá tornozeleira

A defesa do ex-ministro alegou ao juiz federal Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Federal de Curitiba, que ele cumpriu 1/6 da pena. Antonio Palocci foi condenado a 9 anos e 10 dias de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro

(Foto: REUTERS/Rodolfo Buhrer)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Justiça Federal do Paraná determinou nesta segunda-feira (5) que o ex-ministro Antonio Palocci, condenado na Operação Lava Jato, passe a cumprir pena em regime aberto. 

A defesa do ex-ministro alegou ao juiz federal Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Federal de Curitiba, que ele cumpriu 1/6 da pena a que foi condenado, de 9 anos e 10 dias de prisão, por corrupção e lavagem de dinheiro.

O ex-ministro continuará com o monitoramento eletrônico, mas precisará permanecer em casa das 20h às 7h de segunda a sábado e integralmente nos domingos e feriados.

Palocci não poderá sair da cidade sem autorização judicial. Ele também poderá trabalhar, segundo seu advogado, Tracy Reinaldet.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247