Requião critica doações privadas e pergunta: Por quem sois Sergio Moro?

O senado Roberto Requião (PMDB-PR) defendeu o financiamento público de campanha eleitoral, pois, de acordo com o parlamentar, "financiamento privado é inicio da corrupção"; "Financiamento publico de campanhas, com valores modestos, e fim da orgia da gastança eleitoral", disse o peemedebista em dua conta no Twitter; "O financiamento privado de campanhas é instrumento de dominação do capital sobre a Nação. Por quem sois Sergio Moro?"; o magistrado criticou o financiamento público defendido por parlamentares na reforma política; "Há uma tendência de quem está dentro do sistema de querer ficar dentro", disse Moro durante evento da Jovem Pan

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) propõe debate sobre reforma agrária e remessas de lucros
Senador Roberto Requião (PMDB-PR) propõe debate sobre reforma agrária e remessas de lucros (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 - O senado Roberto Requião (PMDB-PR) defendeu o financiamento público de campanha eleitoral, pois, de acordo com o parlamentar, "financiamento privado é inicio da corrupção".

"Financiamento publico de campanhas, com valores modestos, e fim da orgia da gastança eleitoral", disse o peemedebista em dua conta no Twitter. "O financiamento privado de campanhas é instrumento de dominação do capital sobre a Nação Por quem sois Sergio Moro?", questionou.

O magistrado, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em primeira instância jurídica, defendeu, nesta terça-feira (15), regras mais duras para o financiamento privado de campanha e criticou o financiamento público defendido por parlamentares na reforma política.

"Há uma tendência de quem está dentro do sistema de querer ficar dentro", disse Moro durante evento da Jovem pan. "Com todo respeito ao nosso Parlamento, esta reforma política que está sendo pensada não é uma reforma", acrescentou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email