Requião: Rocha Loures cometeu “crime de bagatela” perto de Geddel

Para o senador Roberto Requião (PMDB-PR), as malas de dinheiro de Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) tiveram o condão de transformar em “crime de bagatela” os R$ 500 mil transportados na mala do ex-deputado Rocha Loures (PMDB-PR); “Juristas asseguram que diante do volume das malas de Gedel ,Rocha Loures sera absolvido por ‘crime de bagatela’, monta irrisória. GEZUIS!”, tuitou Requião em tom de galhofa

Brasília - O senador Roberto Requião durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça do Senado para apreciar e votar o substitutivo das propostas que definem os crimes de abuso de autoridade (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Brasília - O senador Roberto Requião durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça do Senado para apreciar e votar o substitutivo das propostas que definem os crimes de abuso de autoridade (Marcelo Camargo/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Blog do Esmael - Para o senador Roberto Requião (PMDB-PR), as malas de dinheiro de Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) tiveram o condão de transformar em “crime de bagatela” os R$ 500 mil transportados na mala do ex-deputado Rocha Loures (PMDB-PR).

“Juristas asseguram que diante do volume das malas de Gedel ,Rocha Loures sera absolvido por ‘crime de bagatela’, monta irrisória. GEZUIS!”, tuitou Requião em tom de galhofa.

Ou seja, as malas de Geddel fizeram a mala de Rocha Loures virar uma “necessaire” de madame.

Crime de bagatela é aquele de baixo potencial ofensivo, portanto, irrelevante para o Direito Penal.

Segunda a PF, o ex-ministro de Michel Temer (PMDB) escondia até ontem (5) R$ 51 milhões num apartamento usado como bunker em Salvador (BA).

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247