Sérgio Souza admite negociar vice de Requião

O ex-senador Sérgio de Souza confessou que pode formar uma chapa puro-sangue com o senador Roberto Requião (PMDB), desde que o gesto venha do parlamentar; "Prefiro disputar o Senado, mas podemos abrir conversas nesse sentido", afirmou Souza, que articula candidatura à Câmara; por sua vez, Requião se mostra disposta a restabelecer a unidade partidária "desde que não descambe para a negociata e que os interesses dos paranaenses estejam acima disto tudo"

O ex-senador Sérgio de Souza confessou que pode formar uma chapa puro-sangue com o senador Roberto Requião (PMDB), desde que o gesto venha do parlamentar; "Prefiro disputar o Senado, mas podemos abrir conversas nesse sentido", afirmou Souza, que articula candidatura à Câmara; por sua vez, Requião se mostra disposta a restabelecer a unidade partidária "desde que não descambe para a negociata e que os interesses dos paranaenses estejam acima disto tudo"
O ex-senador Sérgio de Souza confessou que pode formar uma chapa puro-sangue com o senador Roberto Requião (PMDB), desde que o gesto venha do parlamentar; "Prefiro disputar o Senado, mas podemos abrir conversas nesse sentido", afirmou Souza, que articula candidatura à Câmara; por sua vez, Requião se mostra disposta a restabelecer a unidade partidária "desde que não descambe para a negociata e que os interesses dos paranaenses estejam acima disto tudo" (Foto: Leonardo Lucena)

Blog do Esmael - Roberto Requião deu provas concretas ontem, durante almoço pela candidatura própria, que sabe nadar quando a água bate na bunda. Diante do "milagreiro" Michel Temer, vice-presidente da República, o senador fez gestos concretos pela unidade com o ex-vice e sucessor Orlando Pessuti ao citá-lo, pelo menos quatro vezes, em seu discurso para 500 lideranças do PMDB do Paraná.

"Eu e o Pessuti fizemos um governo com 298 programas voltados para a população", disse Requião, minutos antes de dividir uma asinha de frango com Pessuti no tradicional restaurante Madalosso, no bairro Santa Felicidade, em Curitiba. Os dois não sentavam à mesma mesa fazia 4 anos.

O Blog do Esmael conversou com o ex-senador Sérgio de Souza, pupilo de Pessuti, sobre a possibilidade de uma composição com Requião. Inquirido se aceitaria a vice na chapa própria do PMDB, ele admitiu negociar desde que o gesto venha de Requião. "Prefiro disputar o Senado, mas podemos abrir conversas nesse sentido", afirmou Souza, que articula candidatura à Câmara.

O Blog do Esmael também ouviu o senador Roberto Requião, que mostrou disposição de restabelecer a unidade partidária "desde que não descambe para a negociata e que os interesses dos paranaenses estejam acima disto tudo".

"Eu gosto do Pessuti e do Sérgio Souza. O que eu não gosto é de algumas práticas, mas estou disposto a trabalhar a unidade do PMDB em nome da salvação do Paraná", disse Requião ao Blog do Esmael.

Neste sábado, a partir das 10 horas, em Maringá, quando participa de mais uma edição da Caravana Volta Requião, o senador deverá abordar a questão do entendimento com Pessuti e Sérgio Souza. O Blog do Esmael transmite o evento ao vivo, direto do Hotel Gold Ingá. Assista.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247