Tucano Beto Richa também é alvo de protestos

Apesar de a mídia tentar mostrar que as manifestações tenham sido somente contra Dilma, Lula e o PT, sobrou para os tucanos e aliados em todo o País; além de Geraldo Alckmin e Aécio Neves, recebidos aos gritos de "corruptos" em São Paulo, o governador Beto Richa (PSDB) foi alvo de protestos em Curitiba e no interior do Paraná; foram exibidas faixas com os dizeres: “Beto Richa inimigo da educação!”; “Nossas bombas são mais poderosas”, “Não se bate em quem ensina” e outras  

Apesar de a mídia tentar mostrar que as manifestações tenham sido somente contra Dilma, Lula e o PT, sobrou para os tucanos e aliados em todo o País; além de Geraldo Alckmin e Aécio Neves, recebidos aos gritos de "corruptos" em São Paulo, o governador Beto Richa (PSDB) foi alvo de protestos em Curitiba e no interior do Paraná; foram exibidas faixas com os dizeres: “Beto Richa inimigo da educação!”; “Nossas bombas são mais poderosas”, “Não se bate em quem ensina” e outras
 
Apesar de a mídia tentar mostrar que as manifestações tenham sido somente contra Dilma, Lula e o PT, sobrou para os tucanos e aliados em todo o País; além de Geraldo Alckmin e Aécio Neves, recebidos aos gritos de "corruptos" em São Paulo, o governador Beto Richa (PSDB) foi alvo de protestos em Curitiba e no interior do Paraná; foram exibidas faixas com os dizeres: “Beto Richa inimigo da educação!”; “Nossas bombas são mais poderosas”, “Não se bate em quem ensina” e outras   (Foto: Leonardo Lucena)

Blog do Esmael - Apesar da velha mídia tentar mostrar que as manifestações deste domingo (13) tenham sido somente contra Dilma, Lula e o PT, sobrou para os tucanos e aliados em todo o país. O senador Aécio Neves e o governador Geraldo Alckmin do PSDB foram hostilizados, chamados de corruptos e tiveram que sair fugidos da Avenida Paulista, em São Paulo.

O governador Beto Richa (PSDB) foi alvo de protestos em Curitiba e no interior do Paraná. No município de Manoel Ribas, região central do estado, um protesto organizado por professores fez com que Richa cancelasse a visita que estava marcada marcada ontem à tarde.

Richa cumpriria uma agenda para entrega de um(!) micro-ônibus para a saúde, daqueles usados para levar os doentes à Curitiba, dentre outras solenidades. Mas ao saber do protesto, o tucano nem quis saber de parar no município.

O presidente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Mounir Chaowiche, iria anunciar a construção de uma central de tratamento e rede de esgoto, mas igualmente desistiu da agenda.

O governador também tinha agenda em Ivaiporã, e ao saber do protesto, nem desceu no aeroporto de Manoel Ribas.  Diante do impasse a equipe do governo, que já estava em Manoel Ribas, voltou para Curitiba.

No protesto foram exibidas faixas com os dizeres: “Beto Richa inimigo da educação!”; “Nossas bombas são mais poderosas”, “Não se bate em quem ensina” e outras.

Ao saberem da desistência do governador em visitar a cidade, os manifestantes cantaram: “Ô Beto Richa, cadê você, eu vim aqui só pra te ver!”

Assista ao vídeo com os manifestantes: 

*Com informações do Blog do Berimbau

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247