Twitter não entregou dados de criadores do Sleeping Giants Brasil à Justiça

Segundo o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, oTwitter não entregou os dados que permitem a identificação dos autores do perfil Sleeping Giants Brasil, que combate fake news

(Foto: REUTERS/Dado Ruvic/Illustration)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Twitter não entregou os dados que permitem a identificação dos autores do perfil Sleeping Giants Brasil e de sua representação no Rio Grande do Sul à Justiça, conforme determinou a juíza Ana Paula Caimi, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS).

A decisão atendeu parcialmente a um pedido do Jornal da Cidade Online, conhecido por propagar fake news. Sleeping Giants são páginas que buscam combater fake news por meio de questionar empresas que têm anúncios em sites propagadores de desinformação.

De acordo com reportagem do jornal O Globo, não houve ainda decisão sobre o descumprimento da decisão e se o Twitter terá que pagar a multa fixada pela Justiça, de R$ 50 mil.

A rede social apresentou recurso, mas no início do mês o desembargador Gelson Rolim Stocker, do mesmo tribunal, manteve a decisão de primeiro grau.

Na decisão, o tribunal deu uma prazo de 20 dias para a entrega de números de IP e demais dados cadastrais e de acesso dos responsáveis pela criação e manutenção do perfil. Esse prazo foi reiniciado após pedidos de recurso, mas acabou no dia 3 de agosto. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247