Zeca Dirceu critica Moro: acham hacker, mas não acham o Queiroz

O deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) criticou a prisão de quatro supostos "hackers" que teriam acessado o celular do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro; "Acham hacker em Araraquara, mas não acham o Queiroz. Será que o 03 não tem nenhuma informação que ajude a PF a encontrá-lo?", escreveu o parlamentar no Twitter

(Foto: Pablo Valadares - Câmara)

247 - O deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) criticou a prisão de quatro supostos "hackers" que teriam acessado o celular do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. A Polícia Federal, que efetuou as detenções, é subordinada à pasta.

"Acham hacker em Araraquara, mas não acham o Queiroz. Será que o 03 não tem nenhuma informação que ajude a PF a encontrá-lo?", escreveu o parlamentar no Twitter.

Reportagens do site Intercept Brasil vêm revelando desde junho uma troca de diálogos entre Moro e procuradores da Lava Jato. Segundo as mensagens do Telegram, quando era juiz da operação, o atual ministro interferiu no trabalho de membros do Ministério Público Federal (MPF-PR), sugerindo, por exemplo, inversão da ordem das fases da operação. 

Moro também pediu acréscimo de informações na produção de provas contra um réu, questionou a capacidade de uma procuradora para interrogar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e negociou acordos de delação premiada. 

Ao citar Queiroz, o parlamentar fez referência a Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador FLávio Bolsonaro (PSL-RJ). De acordo com o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), o parlamentar e o seu "comparsa" fizeram movimentações financeiras atípicas e milionárias, um esquema de lavagem de dinheiro. Até agora, Moro tem se esquivado de se aprofundar sobre o tema, dizendo apenas que cabe ao ministéio da Justiça garantir a independência de órgãos que auxiliam em investigação.  

As prisões ocorreram em São Paulo, Ribeirão Preto e Araraquara. A operação foi autorizada pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247