Sobe para 11 o número de casos da varíola do macaco no Brasil

O estado de São Paulo teve mais duas confirmações e, por meio da secretaria de Saúde, informou que todos os sete casos "são importados"

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters)


247 - Aumentou para 11 o número de confirmações da varíola do macaco no Brasil, após a Secretaria de Saúde de São Paulo confirmar nesta quarta-feira (22) mais dois diagnósticos positivos. O estado tem sete casos - três na capital, dois em Indaiatuba, um em Santo André e outro em Vinhedo. Além dos sete casos em São Paulo, o Brasil tem dois no Rio de Janeiro e dois no Rio Grande do Sul. Os números foram confirmados pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a secretaria, "todos os casos são importados, com histórico de viagem para a Europa". "Os pacientes estão com boa evolução do quadro, em isolamento residencial e são acompanhados pelas vigilâncias epidemiológicas dos seus respectivos municípios, com o apoio do Estado", afirmou. 

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, especialistas disseram que as chances de a varíola dos macacos se tornar uma pandemia são pequenas por conta da baixa capacidade de transmissão do vírus, mas afirmaram ser importante a vigilância, com métodos de rastreamento e diagnóstico eficazes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Ministério da Saúde informou que outros dez casos estão sendo investigados: dois no Ceará, quatro no Rio de Janeiro, um em Santa Catarina, um no Acre e dois no Rio Grande do Sul.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email