Tá nos trends

Após Covas agir para espantar moradores de rua, internautas ironizam: 'e Boulos era o radical'

Internautas registraram que, enquanto o tucano promove táticas higienistas contra a população mais vulnerável, Boulos queria dar acesso à moradia aos moradores de rua

Guilherme Boulos e Bruno Covas
Guilherme Boulos e Bruno Covas (Foto: Reprodução/TV Globo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após o prefeito de São Paulo expulsar os moradores de rua da região leste da cidade, construindo pedras sob os viadutos, internautas registram que, durante a campanha, o então candidato a prefeito Guilherme Boulos foi taxado de radical pela grande imprensa, quando é o tucano que promove o radicalismo contra os mais vulneráveis.

Saiba mais 

A prefeitura de São Paulo desde a última quinta-feira (28) instala debaixo dos viadutos da zona Leste pedras debaixo dos viadutos, ação que expulsou do local moradores de rua. 

Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, na tarde desta quinta, funcionários de uma empresa contratada pela prefeitura concluíam a colocação das pedras, que são presas ao chão por uma espessa camada de cimento, na parte debaixo do viaduto no sentido bairro da avenida. Do outro lado da pista, a obra já havia sido finalizada.

Veja: 

 



 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email