Tá nos trends

Freixo responsabiliza Bolsonaro por tragédias ambientais mundiais e buga bolsonaristas, que não entendem a relação

Bolsonaristas não conseguem entender a postagem de Freixo, que culpabiliza Bolsonaro pelas tragédias ambientais globais em decorrência do aquecimento global

www.brasil247.com - Dep. Marcelo Freixo PSOL - RJ
Dep. Marcelo Freixo PSOL - RJ (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)


247 - O deputado federal Marcelo Freixo usou suas redes sociais para culpar Jair Bolsonaro também pela destruição do meio ambiente, que tem causado graves desastres ambientais em decorrência do aquecimento global. 

O tuíte enfureceu os bolsonaristas, que demonstraram dificuldade em relacionar as ações de Bolsonaro de destruição do meio-ambiente com os desastres ambientais em outros continentes. 

Após a postagem, o nome de Freixo é um dos assuntos mais citados no Twitter. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Saiba mais 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dados apresentados pelo Centro de Sensoriamento Remoto e do Laboratório de Gestão de Serviços Ambientais da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) apontam mais uma ação nociva do governo no desmonte das políticas ambientais. Os entraves à fiscalização ambiental da Amazônia na gestão Jair Bolsonaro alcançam não só quem monitora infrações no campo, como aqueles que estão nos gabinetes de órgãos federais, julgando esses processos. Em 2019 e 2020, a média de processos com multas pagas por crimes que envolvem a vegetação nos Estados da Amazônia Legal despencou 93% na comparação com a média dos quatro anos anteriores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email