A Concertação

Lula é o único capaz de reunir em torno de si a nação para a devolução da debilitada democracia

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)


O que acontece no Brasil é uma grande concertação.

Assim como Tancredo Neves representou a frente ampla de onde saiu a Nova República, Lula é o elo dessa concertação em andamento, que tem por objetivo mitigar os efeitos do golpe iniciado em 2013, que resultou a eclosão do fascismo no Brasil e a eleição de Bolsonaro em 2018. 

Bolsonaro hoje é o Maluf de ontem em proporção e propósitos diferentes.

A tentativa de reunificação do país é uma forma de remendar e pôr curativos nas feridas abertas na nação brasileira através golpe político-jurídico-parlamentar-midiático. 

Como a direita e centro-direita falharam em tomar o poder em 2016, por ter contado, para realizar a tarefa, com ajuda do fascismo, e porque o fascismo ajudou no golpe mas assumiu o poder com Bolsonaro, o que não estava na conta dos golpistas, foi preciso reposicionar e voltar a nação com a aparência de civilizada novamente.

Lula é o elo que reúne todo esse movimento de esquerda, direita, centro-esquerda, centro, centro-direita e até parte da direita. Porque as várias tentativas de uma terceira via falharam miseravelmente por falta de lideranças de direita, enterradas nos governos petistas.

E sem Lula não seria possível esse movimento de concertação porque ele foi um dos símbolos, assim como Dilma, das vítimas do golpe. Símbolo porque houve quem morresse em razão do golpe que começou em 2013. Sem dúvidas Lula e Dilma são as mais simbólicas vítimas, porque são vítimas que simbolizam as feridas que sofreu o Estado de Direito e a Democracia.

Assim Lula é o único capaz de reunir em torno de si a nação para a devolução da debilitada democracia. Por ser ele o candidato mais popular e com autoridade de falar com todos os seguimentos sociais.

Ademais, com a inviabilidade da terceira via, a nata da burguesia civilizada não pretende ficar de fora do poder.

Da mesma forma como a volta de Lula é um fato, a volta da civilidade, da democracia e a possibilidade de pôr o fascismo de volta para o esgoto é uma oportunidade.

Espera a nação brasileira que essa não seja a tentativa de colar um vaso ming quebrado.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email