A era Calheiros

No momento atual não há nenhuma outra família brasileira mais poderosa, do ponto de vista político, do que os Calheiros. E antes que isso possa parecer algo negativo, afirmo que não

No momento atual não há nenhuma outra família brasileira mais poderosa, do ponto de vista político, do que os Calheiros. E antes que isso possa parecer algo negativo, afirmo que não
No momento atual não há nenhuma outra família brasileira mais poderosa, do ponto de vista político, do que os Calheiros. E antes que isso possa parecer algo negativo, afirmo que não (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Nunca – aliás, retiro essa palavra. No momento atual não há nenhuma outra família brasileira mais poderosa, do ponto de vista político, do que os Calheiros. E antes que isso possa parecer algo negativo, afirmo que não.

Os mandatos conquistados foram concedidos por "Sua Excelência", o povo. Nem o senador José Sarney chegou tão longe quando presidiu o Brasil, de 1985 a 1990, e como presidente do Senado por 3 vezes. No máximo teve o filho deputado federal, ou a filha governadora do Maranhão, em seguida.

Exatamente ao contrário da família alagoana, que a partir de 1º de janeiro aumenta o seu poderio político. Renan Calheiros preside o Senado e deve ser reeleito. O seu filho, Renan, vai assumir o governo de Alagoas.

O habilidoso irmão do senador, Olavo, foi reeleito deputado estadual e só não preside a Assembleia se não quiser. Os Calheiros ainda comandam duas prefeituras: Remi, em Murici, e Renildo Calheiros em Olinda, Pernambuco, no exercício do segundo mandato.

Portanto,o histórico familiar atual e a partir de 2015 deixa claro o imenso poderio, certo? Mas também uma responsabilidade gigantesca que tem que ser absorvida e colocada em prática, que é o de não poder errar na administração do governo de Alagoas.

O futuro dos nossos filhos e netos depende imensamente do próximo governo. O senador Renan Calheiros vai continuar poderoso em Brasília. Aconteça o que acontecer, as tempestades políticas que enfrentou sobreviveu e seguiu em frente sempre se reinventando.

Além de eleger o filho governador – que pode ter uma história política ainda mais vitoriosa do que a do pai, o grupo político do qual fez parte na eleições de 2014 – Dilma, Collor, Lessa, Almeida, entre outros, também foi amplamente vitorioso na esfera estadual e federal.

Apoios fundamentais para transformar e construir uma nova realidade para o povo de Alagoas e também o mote essencial para o discurso da futura carreira política de Renan Filho.

Os Calheiros não podem falhar. Eles não têm o direito de errar. É preciso avançar em todas as áreas, especialmente na segurança, saúde e educação. E força política para isso existe, como nunca foi visto antes.

É uma chance especial para o Estado, para os nossos filhos e netos. Uma nova realidade pode existir a partir de agora.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247