Amor x ódio: lulistas respondem com ‘amor’ ao fascismo em Curitiba

Curitiba tem amor? Tem sim, senhor! Não é só Lava Jato e ódio fascistas que povoam a capital paranaense. Pelo contrário

amor em curitiba
amor em curitiba (Foto: Esmael Morais)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Curitiba tem amor? Tem sim, senhor! 

Não é só Lava Jato e ódio fascistas que povoam a capital paranaense. Pelo contrário.

Lulista fizeram neste sábado (6) uma “intervenção criativa” em outdoors criminosos que espalham ódio contra o ex-presidente da República.

O cartaz do MBL/Vem Pra Rua ainda recebeu a seguinte mensagem:”Moro descontente, Lula presidente”.

Abaixo, leia matéria no Brasil 247:

Os outdoors criminosos espalhados em Curitiba contra o ex-presidente Lula, retratado como presidiário, aparentemente pagos por movimentos como MBL e vemprarua, ganharam uma intervenção criativa.

Apoiadores do ex-presidente grudaram um coração com a mensagem: “Lula ladrão, roubou meu coração”.

Além disso, escreveram “Moro descontente, Lula presidente”.

A resposta ao ódio fascistoide foi arte e amor.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247