Contagem regressiva

A partir de 31 de dezembro faremos a contagem regressiva para o fim do monstro neoliberal, do fascismo, da intolerância, da violência, da necropolítica

www.brasil247.com - Planalto e um ato pelo impeachment de Jair Bolsonaro
Planalto e um ato pelo impeachment de Jair Bolsonaro (Foto: ABr | Reuters)


Sabemos que as reformas neoliberais ampliam os lucros das grandes empresas e diminuem a intervenção do Estado na economia, que passa a ser regulada pelo mercado que também, em tese, teria a função de regular a nova ordem econômica.

O Brasil vive, desde o golpe de 2016, um modelo neoliberal destrambelhado que beneficia o rentismo e a especulação, precarizando as relações de trabalho, os direitos sociais, favorecendo a concentração de renda e o aumento da desigualdade.

O cúmulo do descaminho da política econômica foi o ministro da economia admitir que abriu uma offshore em paraíso fiscal para fugir dos impostos no país. Paulo Guedes é um criminoso e continua agindo apesar do escândalo.

Certamente essa farra não vai durar muito, os grotões de miséria produzidos por essa elite racista passaram a incomodar, pessoas saqueando caminhões de lixo procurando por comida não é uma imagem que se possa esconder por muito tempo.

É impossível, para nós trabalhadores, tentar procurar uma razoabilidade que justifique uma empresa preferir ir à falência do que contribuir para uma sociedade mais justa. Talvez o ranço escravocrata seja algo instransponível para essa gente, que prefere o assobio do chicote nas costas do oprimido a vê-lo em um piquenique com sua família.

A maior empresa do meio de comunicação do país, a Rede Globo, vendeu seu prédio em São Paulo para pagar aluguel, o que é uma clara demonstração de que o sistema econômico falhou até para as grandes corporações.  

Mesmo assim a emissora continua trabalhando para esse modelo injusto e fracassado, porque não suporta que a classe trabalhadora retorne aos prósperos dias dos governos petistas, quando produzia e consumia fazendo girar a roda da economia.

A partir de 31 de dezembro faremos a contagem regressiva para o fim do monstro neoliberal, do fascismo, da intolerância, da violência, da necropolítica, do negacionismo, do preconceito racial e de classe.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email