Ataques a Lula são tiro no pé da mídia

Francamente, eu não acreditava muito mais em Lula. Achava que era hora de investirmos em novas lideranças. A perseguição, porém, ao ex-presidente, ao contrário do que pretende a mídia, reforçará a sua mística e a sua força

29/06/2015- Brasília- DF, Brasil- O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se reúne, com as bancadas do PT no Senado e na Câmara dos Deputados. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
29/06/2015- Brasília- DF, Brasil- O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se reúne, com as bancadas do PT no Senado e na Câmara dos Deputados. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula (Foto: Miguel do Rosário)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Primeiro: uma bomba contra o Instituto Lula, cujos estragos na porta de aço foram descritos por Merval Pereira como "buraquinho".

Segundo: a PF vaza uma conversa normal entre Lula e um diretor da Odebrecht, falando de artigos para jornal. E a mesma PF e a mídia tentam insinuar crimes.

Terceiro: a PF vaza para a Veja - logo quem - o sigilo bancário de Lula.

É um ataque atrás do outro!

E cada vez mais sórdidos!

Acredito, porém, que esses ataques correspondem a um estrondoso tiro que a mídia e seus braços golpistas dentro do Estado dão no próprio pé.

Perderam as estribeiras: estão se comportando como bandidos.

Não respeitam mais nenhuma lei.

Seria de bom tom que o nosso ministro da Justiça se pronunciasse duramente contra esse tipo de violências.

Querem derrubar uma presidenta eleita através de chicanas.

O colunista da Globo, Merval Pereira, ofende profundamente todos os sindicalistas do Brasil ao dizer que estes querem montar um "sindicato de ladrões".

Ora, ladrões são vocês, Merval. Roubaram o país durante séculos! E agora, quando finalmente há condições para que investigações aconteçam, vocês manipulam o noticiário e instrumentalizam setores do Estado para transformá-las em conspirações políticas.

Como o golpe murchou, esses vazamentos soam como iniciativas desesperadas.

Sobretudo, me parecem extremamente truculentas até mesmo para um cidadão conservador.

Foi um erro político crasso.

Então é assim?

A vida de qualquer cidadão está sujeita a devassas, desde que este seja persona non-grata de grupos de mídia?

Com esse vazamento, os setores conspiradores da PF e da mídia perderam completamente o pouco respeito que talvez ainda conservavam.

O custo de manterem essas farsas agora ficará cada vez mais alto.

Francamente, eu não acreditava muito mais em Lula. Achava que era hora de investirmos em novas lideranças. A perseguição, porém, ao ex-presidente, ao contrário do que pretende a mídia, reforçará a sua mística e a sua força.

A indignação contra essa sordidez faz com que um enorme contingente de cidadãos de bem, que são contra esse tipo de bandidagem da PF e da mídia, se aproximem novamente de Lula.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email