Aviso aos navegantes de 2022

Movimentos de Fernando Henrique para empinar a candidatura Tasso mostram que PSDB entra na campanha como adversário de Lula, escreve Paulo Moreira Leite, do Jornalistas pela Democracia

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e Tasso Jereissati
Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e Tasso Jereissati (Foto: Reuters / Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Paulo Moreira Leite, do Jornalistas pela Democracia

O esforço de Fernando Henrique Cardoso para animar uma candidatura própria do PSDB -- o nome da hora é Tasso Jereissati -- contém um ensinamento indispensável nesta conjuntura.

A situação ajuda a lembrar a lição básica. Mesmo num país onde a barbárie se instalou no Planalto, as diferenças de projeto político e compromisso social -- em outros ambientes se fala "classe social'' -- continuam a definir as questões fundamentais da vida pública.

PUBLICIDADE

Por essa razão, em 2022, Fernando Henrique e o setor político que representa estão condenados a fazer um movimento fácil de reconhecer.

A prioridade, hoje é encontrar uma candidatura capaz de derrubar Lula da condição de candidato natural a enfrentar Bolsonaro e assim garantir espaço no segundo turno. Esta é a meta, o alvo.

PUBLICIDADE

No já célebre almoço no apartamento de Nelson Jobim, FHC deixou claro que poderia dar seu voto a Lula numa situação específica -- caso não tivesse candidato próprio na segunda rodada.

Ainda que o movimento possa ter estimulado  o conhecido auto-engano de quem, após oito eleições presidenciais, não aprendeu a reconhecer as diferenças essenciais entre um e outro, é bom refletir sobre isso.

Alguma dúvida?  

(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email