Carta aberta ao “Coroné”

Coroné, atente para o Brasil, e para os pobres que hoje estão sob a mais dura ameaça. Não há tempo para vaidades. Reconhecer a importância de Lula é se apresentar preocupado com a nação

Carta aberta ao “Coroné”
Carta aberta ao “Coroné” (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Coroné, no atual momento  em que  o Brasil vem sendo esmagado por um projeto pessoal medonho de um presidente que só  promove a miséria, você se coloca mais uma vez repousado no ego e no orgulho.

Atacar o PT e Lula! Sinceramente, acredito no seu orgulho e por isso sei que você  sabe da importância do PT e de Lula para a democracia.

O Brasil se encontra em um momento de tensão e desgovernado, literalmente à deriva. 

A luta, hoje, é contra o fascismo, a vergonha, o ódio.

Da forma como vem se apresentando, Coroné, mas parece que estocaste sementes do antipetismo e agora quer semeá-las.

Já vimos e estamos sentindo na pele o que uma ideia calcada no ódio e na mentira pode causar. Os resultados de toda uma produção em série  de ataques está presente na mesa e na dispensa de cada brasileiro.

Uma dica:

O povo precisa de lutas de quem o represente, contra o pacote anticrime,  a reforma da previdência, os cortes na educação, ao entreguismo, desemprego e sobretudo em defesa da democracia.

O PT preocupa-se com essa pauta, o partido esta coeso no que concerne aos direitos do povo. O sentimento e desejo de Lula livre estão harmônicos com a defesa de um Brasil soberano.

Atacar quem defende essas pautas é  estar contrário a proteção do trabalhador, do aposentado, dos estudantes, enfim do desenvolvimento do País.

A primeira coisa que devemos nos preocupar hoje é com a nossa soberania e os direitos do povo.

As eleições já  acabaram, fomos vencidos mas não  derrotados, não  vamos agora com o risco que o país vem enfrentando, os açoites  diários a democracia, perder tempo com guerras partidárias, ou tão pouco temos tempo para massagear o ego.

Nosso suor e nossas manifestações estão direcionadas a proteção do povo, e sim, de Lula livre.

A liberdade de Lula tem significado potencial para o país. Isso qualquer um dotado de sanidade sabe. Inclusive estes que se reinventam para mantê-lo preso.

As ofensas deferidas a Lula, Coroné, demonstram um rastejar  sorrateiro de serpente que tenta destilar veneno por onde passa.

Lula está  mais vivo, cheio de vigor e esperança  do que nunca! Com o amor do povo, com seu novo amor, enamorado, e com a esperança  que só quem sempre se distanciou de sentimentos pífios  pode ter.

Coroné, atente para o Brasil, e para os pobres que hoje estão sob a mais dura ameaça. Não há tempo para vaidades.

Reconhecer a importância de Lula é se apresentar preocupado com a nação.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247