Casa Grande sem moral, Lula é presidente

Lula pode até ser preso, pode até não ter seu registro de candidato à presidência da República liberado pelo TSE, mas pode ter certeza de uma coisa, os excluídos que vivem à margem da sociedade, nos morros nas favelas, os sem terras, índios, negros, sem teto, e todo conjunto dos lutadores do povo não vão aceitar tudo isso de braços cruzados

Lula pode até ser preso, pode até não ter seu registro de candidato à presidência da República liberado pelo TSE, mas pode ter certeza de uma coisa, os excluídos que vivem à margem da sociedade, nos morros nas favelas, os sem terras, índios, negros, sem teto, e todo conjunto dos lutadores do povo não vão aceitar tudo isso de braços cruzados
Lula pode até ser preso, pode até não ter seu registro de candidato à presidência da República liberado pelo TSE, mas pode ter certeza de uma coisa, os excluídos que vivem à margem da sociedade, nos morros nas favelas, os sem terras, índios, negros, sem teto, e todo conjunto dos lutadores do povo não vão aceitar tudo isso de braços cruzados (Foto: José Rainha Júnior)

Os donos de Casa Grande não vão desistir. Querem colocar o Lula na cadeia a todo custo, mas estão sendo alertados por seus arautos “este país pode incendiar” e depois que pegar fogo nos engenhos a senzala poderá chegar no salão dos donos do engenho e aí será tarde demais para apagar o incêndio, por mais que tentem, não vão impedir de Lula ser o próximo presidente do Brasil.

            Acontece que a lógica da história nunca é como agente quer, ela é como a realidade determina que é e a realidade na atualidade permite dizer que as forças democráticas e populares no conjunto da sociedade estão determinadas a lutar para que os princípios da Democracia, do direito constitucional da liberdade dos indivíduos e a vida seja garantida, mesmo que isso possa nos custar a liberdade e até a vida.

            Não é possível aceitar as arbitrariedades dos entogados que mal leu a nossa constituição e o Código Penal e Civil, querem aplicar as leis de acordo suas conveniências. É bom lembrar que as leis não foram feitas antes dos homens e sim depois deles, portanto em uma sociedade onde o estado é governado pela elite que se coloca acima das leis. Assim perdem a moral de governar, pois os pobres e humildes cidadãos não tem pelo o que respeitá-los.

Mao Tsé-tung dizia “que a lógica do povo é a lógica da vitória” quando organizou a grande marcha e fez o cerco do campo à cidade e com determinação acrescentou “a massa organizada é uma muralha invencível”. Esta lição da história deveria ser seguida por toda esquerda e por todos que sonham que a libertação do povo, somente com as massas nas ruas e nas praças será possível trazer conquistas e mudanças. Não temos que esperar pelas meras saídas jurídicas, ou dos “entendimentos” com a burguesia. Não é possível acordo ou entendimento que possa garantir os direitos do povo. Mau-Tsé-tung tem toda razão quando afirmou “Lutar falhar, lutar novamente e falhar outra vez, lutar até a vitória, essa é a lógica do povo”, ou seja, somente a luta de classe é capaz de levar ao povo a sua vitória em definitivo. A lição de Mao Tsé-tung nos ensina que as lutas poderão ter muitas falhas e derrotas, mas a vitória só pertence a quem luta, é isso que quero afirmar. Temos que organizar as massas para as lutas,  Lula e o PT precisa aprender com as falhas e as derrotas e ao chegar no poder saber que os únicos confiáveis será a classe trabalhadora.

 A classe trabalhadora, os excluídos, sem terra, sem teto, negros e indígenas não têm o porquê respeitar este estado e muito menos quem o governa. Temos que praticar a desobediência civil para fazer valer os nossos direitos sendo a saúde, educação, emprego e trabalho digno a toda nossa família.

Os instrumentos do estado, o Judiciário, Legislativo e o Executivo, estão todos desmoralizados para fazer e executar as leis. Rasgaram a Constituição, cuspiram na cara da sociedade e querem pousar de símbolo da moralização. Não passam de fantoches subordinados ao Capital Financeiro Internacional controlado pelo Imperialismo Americano.

Os Promotores e Procuradores da República acham que é Deus e os juízes têm certeza que são. Mandaram prender os lutadores do povo e deixar sem julgamentos os milhares de pobres excluídos que não tem acesso a uma assistência jurídica. Só prendem alguns magnatas para dizer que a lei é para todos. O nosso Código Civil e Penal já está enferrujado, já deveria ter sido mudado ou reformado a muito tempo, eles não passam de um instrumento para os doutorzinhos filhotes das oligarquias estar utilizando, para tirar suas interpretações e aplicar seus entendimentos, se esquecendo e jogando no lixo os direitos primários da humanidade que é a liberdade e a vida.

As lideranças do nosso povo estão indo para os presídios, como bois para o matadouro, onde as acusações de crimes a quais são imputados não tem nenhuma prova, até porque não tem crime. As condenações são de acordo com os noticiários que os donos de casa grande noticiam em seus teles jornais, escritos falados e televisados, aqui se diga a própria Rede Globo.

Lula pode até ser preso, pode até não ter seu registro de candidato à presidência da República liberado pelo TSE, mas pode ter certeza de uma coisa, os excluídos que vivem à margem da sociedade, nos morros nas favelas, os sem terras, índios, negros, sem teto, e todo conjunto dos lutadores do povo não vão aceitar tudo isso de braços cruzados. Nós temos a responsabilidade de virar a página de nossa história, e podem ter certeza que vamos virara.

Mas a nossa história nunca foi diferente e não mudou em nada, prova disso podemos citar o que fizeram com Tiradentes[D1] , Frei Caneca, Antônio Conselheiro, Carlos Marighela, Chico Mendes, e outras tantas lideranças política, sindical, religiosa e sem-terra, que foram assassinados e continuam sendo, porque sonharam e sonham com um povo livre e um Brasil independente das garras do Imperialismo que transformou a América Latina em um quintal sobre seu domínio.

A nossa luta não pode ser uma luta apenas para se fazer reforma no Estado, mas também para fazer as mudanças nele. É nossa tarefa construir a ferramenta que permite a classe trabalhadora avançar na construção da nossa Revolução e edificar o Socialismo, negar este caminho é negar a história da humanidade, é negar a leis da dialética, da transformação da evolução, da mutação, da contradição. Temos que acirrar as contradições entre a classe trabalhadora e a classe dominante, não dá mais para suportar a opressão e o Capitalismo.

Casa grande quer prender Lula para servir de exemplo ás senzalas e dar o recado aos oprimidos e excluídos de que quem manda são eles. Nos retrucamos, somos os milhões explorados e oprimidos, mas somos os mais fortes, porque a nossa força está nos números, na consciência, na organização e na determinação, na capacidade de lutar e levar a nossa luta a vitória final, e nunca vamos aceitar ser escravos.

Então dizemos todos em voz bem alta para que toda Casa Grande escute: Somos todos Lula e jamais iremos aceitar e conformar com sua prisão! Lutaremos contra as injustiças e só sairemos das trincheiras, das ruas, das praças, quando a liberdade florescer em um novo amanhecer. Lula será o nosso Presidente.


 [D1]

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Um líder pacifica e o Brasil precisa de paz
Gustavo Conde

PDT Livre!

O linguista Gustavo Conde afirma que Ciro, com sua truculência verbal, vai implodindo o PDT como Bolsonaro implodiu o PSL. Ele diz: "pirracento, agressor, infantil e ciumento, Ciro Gomes vai...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247