Crazy news: Joice “exorciza” e Frota pede para visitar cela de Lula. É a estupidez sem limite

O jornalista Ricardo Kotscho,do Jornalistas pela Democracia, critica os ataques ao ex-presidente Lula proferidos pela deputada Joice Hasselmann, que promoveu um "culto ecumênico" em seu gabinete na Câmara para "exorcizar" o ex-presidente, que upou o gabinete destinado a ela, e o deputado Alexandre Frota, que transferir Lula para uma cela comum; "Os neo-parlamentares bolsonaristas de raiz, antes de apresentar qualquer trabalho ou projeto na Câmara, resolveram tripudiar sobre o adversário petista como se a campanha eleitoral não tivesse acabado há três meses, exatamente como fez Jair Bolsonaro na mensagem lida na reabertura do Congresso "

Crazy news: Joice “exorciza” e Frota pede para visitar cela de Lula. É a estupidez sem limite
Crazy news: Joice “exorciza” e Frota pede para visitar cela de Lula. É a estupidez sem limite

Por Ricardo Kotscho, no Balaio do Kotscho e para o Jornalistas pela Democracia

Estamos chegando ao paroxismo da estupidez humana com os cacarecos salientes e exóticos eleitos na onda do bolsonarismo.

Tem uma penca sortida, mas dois se destacam: a ex-jornalista Joice Hassellmann e o ex-ator pornô Alexandre Frota, do PSL de São Paulo ( de onde mais poderiam ser?).

No mesmo dia, em sua disputa incessante pelos holofotes, os dois protagonizaram os mais sórdidos episódios da "nova política" em marcha.

Não é fácil conquistar espaço para suas crazy news (as fake news amalucadas) que andam produzindo.

Na segunda-feira, a espaçosa e buliçosa Joice Hassellmann promoveu um "culto ecumênico" em seu gabinete na Câmara para "exorcizar" o ex-presidente Lula, que ali trabalhou durante a Constituinte, entre fevereiro de 1987 e janeiro de 1991.

Chamou a imprensa e transmitiu o ritual macabro ao vivo pelo youtube.

(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia)

Por sorteio, a parlamentar tinha ficado com o gabinete 825 do Anexo 4 da Câmara.

Em sua estréia, durante a primeira sessão do ano na Câmara, Joice chamou deputados-pastores, uma crente da Igreja Batista e um rabino para participar do exorcismo.

"Tudo o que eu não quero é ranço desse passado em meu gabinete", justificou a sirigaita paranaense (de onde mais poderia ser?) que se tornou conhecida por plagiar matérias de colegas e já trabalhou como comentarista no portal Veja.com (onde mais poderia ser?).

Para não ficar atrás, o gaiato pornográfico Alexandre Frota apresentou ofício à Polícia federal, à Vara de Execuções Penais e ao Ministério da Justiça com pedido para visitar Lula na cela em Curitiba, onde o ex-presidente se encontra preso há mais de 300 dias.

Não bastaram a condenação sem provas para tirar Lula da disputa presidencial do ano passado, num processo comandado por Sergio Moro, hoje ministro da Justiça de Bolsonaro.

Os neo-parlamentares bolsonaristas de raiz, antes de apresentar qualquer trabalho ou projeto na Câmara, resolveram tripudiar sobre o adversário petista como se a campanha eleitoral não tivesse acabado há três meses, exatamente como fez Jair Bolsonaro na mensagem lida na reabertura do Congresso Nacional.

(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia)

Frota não se conforma de Lula estar numa cela especial da Polícia Federal de Curitiba. Não sossega o facho enquanto não conseguir a transferência do ex-presidente para uma cela comum em penitenciária.

Em vídeo gravado durante a campanha, o celerado chamou Lula de "analfabeto desgraçado" e entre outros xingamentos próprios da sua espécie depravada anunciou: "No que depender de mim esse bandido vai para a penitenciária comum".

Como Bolsonaro, ele está apenas cumprindo suas promessas. Frota não admite que Lula receba visitas na prisão e três refeições por dia. Defende "tolerância zero" para o petista.

Este é o nível de deputados eleitos em nome da "renovação política" pela fábrica de fake news que agora enlouqueceu de vez.

Até o momento em que escrevo, não vi nenhuma reação da bancada do PT.

E é bem capaz de os mesmos togados, que proibiram Lula de ir ao enterro do irmão Vavá, autorizem a visita do deputado Alexandre Frota, sob o pretexto de "verificar as condições das celas".

Por que não? Eles agora podem tudo. Estão no comando, como gostam de dizer.

É tudo uma indignidade, uma desumanidade, um desprezo pela vida em sociedade..

E vida que segue.

(Conheça e apoie o projeto Jornalistas pela Democracia)

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247