É hora do levante

Meu Brasil, meu povo brasileiro, é chegada a hora de lutar. Não é possível que fiquemos assistindo como meros espectadores, tamanha atrocidade de um pequeno grupo de “autoridades” que se acham acima do bem e do mal e queiram conduzir nosso futuro à revelia da lei e do respeito às instituições democráticas

É hora do levante
É hora do levante (Foto: Paulo Pinto/ Agência PT)

Segunda carta de um brasileiro indignado que quer mudar os rumos deste país.

“Todo reino dividido contra si mesmo acabará em ruina” (Mc. 3,24)

Meu Brasil, meu povo brasileiro, é chegada a hora de lutar.

Não é possível que fiquemos assistindo como meros espectadores, tamanha atrocidade de um pequeno grupo de “autoridades” que se acham acima do bem e do mal e queiram conduzir nosso futuro à revelia da lei e do respeito às instituições democráticas.

Estou falando da nossa elite do atraso e de todos que se alinham com eles que desde sempre governaram nosso país. Estou falando do desespero desta gente historicamente sempre odiaram a democracia e como não pode retroceder no tempo, manipulam a população amparados pela grande mídia para nos fazer acreditar em suas mentiras, invertendo valores e construindo um discurso de divisão e ódio. Não é possível que 1% da população domine os demais 99%.

Chega de intriga! Chega desta gente comandando a história! Chega de acreditar em instituições fraudadas como o nosso atual judiciário. Chega das balelas da grande mídia com suas articulações e manchetes tendenciosas.

O Brasil não aguenta mais este retrocesso absurdo. Como é possível um país com tanta riqueza viver na miséria com milhões de desempregados ou sub empregados sem nenhuma perspectiva de futuro?

Cadê aquele Brasil que poucos anos atrás estava em pleno crescimento, onde nos orgulhávamos de tantas conquistas sobretudo da diminuição das desigualdades sociais?

Não venham me dizer que aquele Brasil retrocedeu por causa da corrupção, porque este é o discurso que a elite e a mídia querem plantar com o apoio de parte do judiciário para retomar o poder que estavam perdendo para um metalúrgico, pobre e retirante, um iluminado que sem diplomas ofuscou o brilho deles e mostrou a todos que o Brasil tem jeito. Mostrou que somos grande e soberanos. Mostrou que podemos ser felizes e construir um projeto de nação inclusiva não existam pobres e ricos, pretos e brancos..., onde as diferenças são riquezas e não divisão.

Mas se o retrocesso não é culpa da corrupção, por que estamos vivendo a pior crise da nossa história?

Porque os poderosos, nossas elites, nunca pensaram o Brasil como nação. Para eles, nosso país sempre foi uma grande colônia de onde extraíam-se riquezas para atender às necessidades do império. A grande verdade é que nunca fomos independentes. Não temos ideia do que seja soberania. Nunca fizemos valer nossa vontade. Sempre nos submetemos aos interesses internacionais. Somos apenas coadjuvantes em um mundo que se enriquece às custas dos menores, Somos mão de obra barata e a nós não é permitido ser grande. Não podemos crescer, não podemos desenvolver tecnologia própria (veja a Embraer sendo comida pela Boing). Não podemos beneficiar nosso minério e nosso petróleo (veja a Petrobrás sendo desmantelada e entregue às grandes petroleiras). Somos fornecedores de matéria prima. Este é o papel do Brasil na ordem geopolítica das grandes nações do mundo e de modo especial da América do Norte que nos tem como seu quintal.

Então, quando aquele operário entra em cena e mostra para o Brasil e para o mundo que nós somos grandes, que somos donos de nossas riquezas, rapidamente um sinal de alerta dispara pois a ordem mundial não pode ser mudada e assim, forças maiores são acionadas, planos maquiavélicos são traçados, telefones são grampeados e o resultado disso tudo é que, por “vias legais”, uma presidente é deposta e um ex-presidente é colocado em uma prisão com um julgamento fraudado para atender o grande poder e impedi-lo de voltar a governar.

Não é mais possível que fiquemos como espectadores.

Não é possível que, em vésperas de eleições, que deveriam ser democráticas, o candidato que mais atende aos anseios do povo esteja preso injustamente e com a eminência de ter seus direitos políticos caçados pelo simples motivo de que todas as pesquisas mostram que venceria as eleições já no primeiro turno.

Não é possível que mais uma vez o grande poder vai nos condenar a quatro ou infinitos anos de submissão já que as outras opções de candidatos são uma verdadeira piada e inteiramente submissos às elites e aos interesses internacionais.

Precisamos protestar. É hora de lutar. É o nosso futuro que está em jogo. É nossa nação que está ameaçada. A coisa é séria. As nossas instituições já mostraram de que lado estão e não farão nada para mudar este quadro.

Está na hora de soltarmos nosso grito de independência.

Está na hora de retomarmos nosso projeto de nação.

Está na hora de dar um basta aos traidores da pátria que estão entregando nossas riquezas aos grandes capitais internacionais.

Precisa desmantelar este plano perverso. Eles plantam notícias e nos fazem acreditar, por exemplo, que as estatais estão falidas e a única solução é privatizá-las. Veja o caso da Petrobrás, alvo de “escândalos de corrupção” causadores de sua decadência mas no fundo apenas cortina de fumaça para privatizá-la e entregar nossa maior riqueza às grandes petroleiras internacionais que não podem ficar de fora da maior reserva de petróleo descoberta no século e que é brasileira e cujo royalties já estavam previstos para nossa educação e saúde. Uma verdadeira revolução de crescimento que foi abortada.

Fiquem atentos com as notícias da grande mídia que querem manipular nossas opiniões e fazer-nos acreditar que tudo está sendo conduzido por um processo legal e democrático. Eles jogam pesado contra todos que se opuserem ao ordenamento natural dos poderosos e vão aumentar a pressão neste período que antecede às eleições.

Informe-se pelas mídias alternativas que não estão ligadas aos interesses do grande capital (eu sugiro o site brasil247 e no youtube a tv247 que é hoje o principal portal independente e bastante completo).

Fiquem muito atentos com o seu voto, tanto para o executivo como para o legislativo pois é fundamental uma maioria na câmara e Senado para desfazermos estes absurdos que foram aprovados por este governo ilegítimo e que hoje sentimos na pele. Além de avaliar o candidato, veja a ideologia do seu partido e como ele tem atuado pois alguns partidos tradicionais como o PSDB infelizmente se corromperam e hoje assinam em baixo estas barbaridades do atual governo que é apenas um fantoche do grande capital e da elite opressora. Eles não tem nenhum projeto de nação e se importam apenas com seus interesses.

Estamos vivendo em um regime de exceção. Não se iludam com as aparências das nossas instituições. O judiciário é hoje a arma dos poderosos para barrar qualquer avanço da verdadeira democracia, daqueles que defendem um projeto de nação soberana.

Não se trata de esquerda vesus direita, mas sim de soberania versus submissão. Empoderamento versus subserviência. Liberdade versus escravidão.

Temos uma chance única de mudarmos nossa história e a luta já começou. Menos de dois meses nos separam das urnas, e para garantir uma eleição realmente democrática, precisamos lutar pela legalidade da candidatura do ex-presidente Lula que será registrada dia 15 de agosto em Brasília e certamente será alvo de cassação por parte deste judiciário.

É hora do povo mostrar sua força.

É hora de honrarmos nosso hino quando diz: “Verás que um filho teu não foge à luta”.

É hora de nos unirmos todos e honrar nossa nação.

É hora de boicotarmos a grande mídia e não cairmos no seu jogo de divisão e ódio.

É hora de darmos as mãos porque um povo unido jamais será vencido.

É hora de usarmos as redes sociais como instrumento de unidade para salvar nossa nação. (Divulgue este manifesto a todos seus contatos).

É hora de falarmos a mesma língua e não cairmos na provocação dos que querem violência e divisão.

Vamos à luta! Por um Brasil livre e soberano onde todos sejam felizes e a desigualdade social faça parte de um passado que não nos pertence mais.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247