Efeitos da deusa Diana

Parece-nos que a figura da Diana do pastoril tem servido de inspiração para o comportamento de alguns partidos políticos nacionais. Existem aqueles que são azul e vermelho ao mesmo tempo, ou seja, são oposição e situação de acordo com a conveniência

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Na tradição mitológica dos gregos, havia uma deusa chamada Artemis, cujo o nome em latim era Diana. A cidade de Éfeso, antiga capital da província romana na Ásia, existia um templo para a deusa considerada uma das sete maravilhas do mundo, erguido sobre 100 colunas maciças. Segundo a tradição, sua imagem caiu do céu, acreditando que a enorme pedra localizada na entrada do templo foi colocada pela própria divindade. Pesquisadores entendem que seja um pequeno meteorito. 

Entre os chamados folguedos populares brasileiros, talvez, o pastoril esteja entre os mais conhecidos. Nas suas variações há o chamado pastoril profano e o religioso. O religioso é composto por dois grupos de pastoras, onde umas pertencem ao cordão azul e a outras ao cordão vermelho (encarnado). Os cordões durante a apresentação, travam um verdadeira disputa. Acontece que existe uma personagem chamada Diana que se veste com as duas cores. Na verdade, ela pertence aos dois cordões ao mesmo tempo.

Parece-nos que a figura da Diana do pastoril tem servido de inspiração para o comportamento de alguns partidos políticos nacionais. Existem aqueles que são azul e vermelho ao mesmo tempo, ou seja, são oposição e situação de acordo com a conveniência, principalmente quando encontra-se em jogo as benesses do poder. Muitos preferem colocar toda trajetória da sigla no bueiro da história para satisfazer interesses pessoais. Apresentam-se como paladinos da moralidade e defensores das causas populares. Na verdade, suas atitudes estão mais próximas de um mandarim e seus discursos não passam de simples alunos de Górgias.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247