Eleições 2020: em defesa da vida, do emprego e da democracia. Fora Bolsonaro

Temos esse desafio: fazer das cidades verdadeiras trincheiras para o enfrentamento a Bolsonaro e suas políticas genocidas



O lema definido pelo PT para as eleições 2020 é “Em defesa da vida, do emprego e da democracia. Por isso, fora Bolsonaro!”. Essa mensagem deve ser transformada em ações práticas como na denúncia ao desgoverno Bolsonaro no genocídio causado pelas atitudes e opiniões do presidente na condução das medidas de combate a pandemia do coronavírus, nos projetos do Congresso Nacional, na articulação junto à sociedade, na solidariedade que acontece em cada canto da periferia com os movimentos populares e de moradia. Essas ações práticas devem, definitivamente, angariar medidas políticas e ideológicas em todo o país também nas eleições municipais.

É só ouvindo o nosso povo que o PT constrói uma campanha à altura para enfrentar o que é o governo Bolsonaro. Temos esse desafio: fazer das cidades verdadeiras trincheiras para o enfrentamento a Bolsonaro e suas políticas genocidas.

O estado de São Paulo é o epicentro da luta política brasileira e a eleição mais importante neste momento. Foi daqui que conspiram aqueles que tentam acabar com o PT, manchar a imagem de Lula e inviabilizar nossas lutas locais. Mas também foi daqui que construímos um dos mais importantes processos de tomada de consciência: o cinturão vermelho da transformação social. Este caminho de vitória nós somos capazes de voltar a trilhar. Mas para isso é preciso deixar de tratar essa como sendo “mais uma eleição”, mas sim a eleição “da virada”, inclusive em que o clima de excepcionalidade pode nos permitir retomar a ofensiva política tão necessária neste momento de profunda crise social, sanitária e democrática.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

E quem puxa a fila para enfrentar esse desafio é a cidade de São Paulo, onde vamos disputar com candidatos que apoiam o processo genocida de Bolsonaro e privatista de Bruno/Doria, que se expressa de forma explícita. O PT tem que derrotar esses dois projetos na cidade e só irá fazer isso se a militância estiver envolvida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Infelizmente a crise sanitária não permitiu a continuidade das prévias presenciais que estávamos fazendo, mas defendo que o PT utilize de alternativas com ajuda da tecnologia da informação para darmos continuidade a esse processo e que todos participem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Temos todas as condições de fazer um processo mais democrático, com participação ao máximo possível da militância, respeitando os limites da crise de saúde pública que estamos vivendo, sendo coerente e responsável. É possível realizarmos debates virtuais, como irei fazer na tarde deste sábado (25) com os participantes do conselho político do meu mandato de deputado federal. Há inúmeros exemplos da realização de eleições com voto secreto através da tecnologia de informação.

Essas eleições não se darão em condições normais e para enfrentar um desafio desse é preciso articulação entre diversos atores e envolvimento da militância. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A crise sanitária, econômica e política é o momento de reforçarmos a nossa solidariedade, não diminuí-la; reforçarmos a interlocução com a maioria da população, não restringi-la; estarmos mais fortes para debater o papel do SUS, da redução de desigualdades, não de nos intimidarmos.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email