Eleitores do Ciro votam em Lula mirando o Brasil que queremos

Ciro, embriagado por si mesmo, vai detonando a terra por onde passa e impedindo um país de caminhar para um futuro longe das trevas do fascismo bolsonarista

www.brasil247.com - Ciro Gomes e Lula no debate da Band
Ciro Gomes e Lula no debate da Band (Foto: Renato Pizzutto/Band)


Por Daniel Quoist

O pior dessa eleição termina sendo o Ciro. O cara é muito sem noção, embriagado por si mesmo vai detonando a terra por onde passa e impedindo um país de caminhar para um futuro longe das trevas do fascismo bolsonarista. O Ciro que se apresenta de maneira truculenta em entrevistas parece uma outra pessoa, alguém com sério distúrbio de personalidade. Não existe qualquer vestígio de generosidade em sua pessoa, atitudes, gestos, falas, ações.

Ao tentar conquistas eleitores para sua inglória causa – subir dos 6 ou 8% das intenções de voto para 32 ou 33%, posição de segundo lugar na corrida presidencial – Ciro consegue se mostrar mesquinho, truculento e arrogante. O movimento do voto útil em Lula virá e com muita força, com ou sem Ciro. Até melhor para as Esquerdas que seja sem Ciro. Assim, não haverá qualquer compromisso de um governo Lula com o político cearense, nem mesmo de natureza moral.

O sujeito que já teve apoiadores como Caetano Veloso, Tico Santa Cruz e Fábio Porchat agora precisa se contentar, querendo ou não, com apoiadores do naipe medíocre dos generais Heleno, Braga Netto, Villas-Boas e do trio Jair, Flavio Rachadinha,  Eduardo  Bananinha e Carluxo Bolsonaro. Tanta decadência de uma vez só que não sabemos entender como Ciro consegue conviver com ele mesmo. Acostumado a estar sempre em terceira ou quarta posições em pleitos presidenciais, ali na faixa máxima dos 12 ou 15% dos votos recebidos nas urnas, Ciro terá que se satisfazer com apenas 3 ou 4% e ainda ver Simone Tebet ultrapassá-lo com galhardia.

Por seu turno, Tebet sabe que sua campanha não é pra valer, que o intuito principal é se cacifar para 2026. Esperta, preferiu ser realista e não emprestou sua estrutura partidária nem sua voz aos muitos cantos de cisne do Bolsonarismo. Alguns pensam como Carlos Alberto Sardenberg, sempre torcendo contra as esquerdas, o Lula e o PT, que melhor “seria bom, né Merval, que a Simone Tebet encaminhasse desde logo o voto em Lula e então se compusesse fazendo parte do ministério do petista?”. Pausa para risos e sonoras gargalhadas. Até parece gente doida fazendo vaticínios sobre quem será o futuro Papa! Como se o lado são do MDB engolisse a Tebet num ministério petista... mas política já diziam os antigos é a arte do possível.

Hoje lemos declaração tresloucada do maluco de Sobral dizendo que Caetano votará no Lula “porque já está com a vida ganha”, não é de lascar? O cara aos 80 anos, fazendo sucesso há pelo menos 60, antena lúcida da classe artística brasileira há tanto tempo, iria votar no Lula só porque pode pagar aluguel, ter plano de saúde, cobrir despesas de educação dos filhos? Acorda, Ciro! O cara está tão ensandecido consigo mesmo que até apoios ilustres está dispensando com suas habituais grosserias. Ciro não merece e vemos agora nunca mereceu disputar uma campanha presidencial. Só sabe remar para dentro de si mesmo e terminará, de forma melancólica, colhendo as urtigas que esteve plantando ao longo da vida. Moral da história: Cirominions?  Não existem ciromninions por que os eleitores do Ciro não são gado!

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email