Está passando a hora da Globo e o PSDB fazerem autocrítica

A Globo, assim como o PSDB, deve estar sentindo saudades do PT. Pode ser tarde para ela. Para o Brasil ainda dá tempo de corrigir o erro contra o Estado Democrático de Direito

Siga o Brasil 247 no Google News

A Globo fez como o PSDB, não soube conviver com a democracia, com um partido com práticas republicanas no poder. Alimentou o ódio por ser o PT um partido diferente da ideologia que a Globo defende, um partido que mesmo sendo de outra ideologia governou de forma republicana, aceitando a oposição da mídia e não fez nenhum ataque à imprensa e à democracia. Por ódio e preconceito ao PT e a Lula a Globo fez acordo com a extrema direita. Essa extrema direita que odeia a diversidade, e que não aceita às classes sociais com menos desigualdade e por isso prega o extermínio dos adversários,  principalmente os petistas. 

Por isso é que a direita reacionária que chegou ao poder, porque a Globo e o PSDB romperam o contrato social e as regras democráticas tirando um partido eleito legitimamente pelo povo. 

Agora que essa extrema direita ameaça a existência da Globo e das demais instituições democráticas é que o grupo dos Marinho percebeu o que fez, só que se desculpa com o PT, ao contrário, quer parecer condescendente, mas a realidade é que eles viram a cara do fascismo arreganhando os dentes e pronta para abocanhar quem entrar no seu caminho.

PUBLICIDADE

A Globo, assim como o PSDB, deve estar sentindo saudades do PT. Pode ser tarde para ela. Para o Brasil ainda dá tempo de corrigir o erro contra o Estado Democrático de Direito.

PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email