Fascismo tenta despistar população da pandemia

"Os fascistas estão desesperados porque não têm proposta para o Brasil se desenvolver; por isso, precisam, desesperadamente, criar fakenews para distrair a população", afirma o economista César Fonseca

(Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bolsonarismo fakenews

Os fascistas estão desesperados porque não têm proposta para o Brasil se desenvolver; por isso, precisam, desesperadamente, criar fakenews para distrair a população do que é o essencial; o fundamental para o povo é vacinar contra o novo coronavírus e garantir, já, o auxílio emergencial; como Bolsonaro não cuidou dessa responsabilidade básica de presidente da República, não tem o que apresentar; parte, então, para tentativa de fechamento do regime para evitar críticas e divergências, para colocar, no lugar, uma ordem unida, fascista; as ameaças do brutamontes fascista deputado Daniel Silveira(PSL-RJ) de acabar com o STF e restaurar o AI-5 é fuga da realidade; cria assunto abstrato para tentar contornar o real, concreto em movimento; este está desmoralizando o governo porque não dá conta da realidade pandêmica por pura falta de preparo e competência.

Uma nação de 210 milhões de habitantes se encontra envolvida em discurso negacionalista em plena pandemia, enquanto os bolsonaristas cuidam de fechar o regime e armar a população; as garras fascistas não podem mais ser escondidas; o governo governa com uma ilusão da realidade como se esta fosse possível ser construída com palavras e mentiras e não com ações concretas e objetivas demandadas pela comunidade desesperada diante da morte; Bolsonaro tenta viver no exterior da realidade; revela-se governo do improviso, porque sua tarefa é a de destruir, não construir, como, mesmo, avisou, antecipadamente; o improviso agora e criar fatos para distrair, como tenta fazer o deputado fascista carioca; agride a democracia, rasga a Constituição e vira o foco da mídia nacional e internacional, na tentativa de jogar a pandemia para debaixo do tapete.

O Congresso continuará até quando submetido à narrativa bolsonarista de fugir para frente dos problemas e inventar assunto para desviar a atenção? Isso não enche barriga nem ganha eleição; ficará o Centrão debaixo dessa subordinação? O bolsonarismo está se revelando perigo para o Centrão; se não cassá-lo ou afastá-lo ficará convivente com o fascismo antidemocrático; se se voltar para a pauta diversionista bolsonarista que dá sustentação política ao capitão presidente, caminharão para rachas intermitentes; já está dividido em relação ao armamentismo da população, proposto por Bolsonaro; trata-se de esvaziar as energias construtivas para promover as energias destrutivas.

Fuga da realidade 

O essencial, aprovação do auxílio emergencial, para evitar a fome e a morte de mais de 60 milhões de pessoas, e a vacinação em massa, não é objeto de ação bolsonarista; por isso, os números da popularidade presidencial caem; a causa da falta de ação, por sua vez, também, não é debatida, justo que se trata do travamento da economia pelo teto neoliberal de gastos; o governo, submetido pelos banqueiros, ao teto, não pode ter projeto de investimento; a desnacionalização crescente imposta pelo teto de gastos passa a impedir o governo de controlar e fiscalizar o preço da gasolina, do gás e do diesel; essa tarefa, deixa de ser do Estado, para ser executada pelos acionistas da Petrobrás; a gasolina está subindo três vezes ao mês, mas isso não é motivo para mudanças na política econômica neoliberal; esta impõe cotação de preços internos a partir de paridade de preços de importação  e não paridade de preços internacionais; como o preço do petróleo está subindo, o consumidor está sendo massacrado; os bolsonaristas não estão nem aí; querem é manter a lógica do fakenews.

A lógica neoliberal coloca o Centrão numa sinuca de bico; apoia governo cuja política não rende votos; está apavorado; em plena pandemia do novo coronavírus, a destruição econômica ocorre pela ação do vírus neoliberal, que impede governo de ter política de desenvolvimento sustentável; as reformas não trouxeram desenvolvimento nem novos empregos; o logro neoliberal expõe a incompetência e impotência do governo rendido ao mercado;  o discurso da privatização neoliberalizante está sendo reescrito em toda a parte do mundo, porque o mercado se revelou catástrofe na pandemia; a necessidade do Estado gastar para puxar a demanda é a nova onda global.

Os fascistas, no poder, contrapõem, prisioneiros do BC Independente, controlado pelos banqueiros, mas não tem nada útil para tocar; a destruição é o projeto de governo bolsonarista; por isso, os fascistas estão fadados a ser vomitados nas urnas; diante dessa possibilidade cada vez mais nítida, nasce a propensão autoritária ditatorial para calar vozes divergentes; destruir democracia vira meta fascista; que o diga o deputado fascista Silveira.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email